GDF edita decreto de enfrentamento da Covid-19

4989

A nova edição do documento libera eventos profissionalizantes, como cursos, churrasqueiras e saunas e retirou a obrigatoriedade de faixas adesivas para demarcar o limite de distanciamento entre equipamentos nas academias.

Na manhã desta sexta-feira (18), o Governo do Distrito Federal (GDF) editou o decreto sobre as medidas para
enfrentamento da Covid-19. A nova edição do documento libera eventos profissionalizantes, como cursos, churrasqueiras e saunas e retirou a obrigatoriedade de faixas adesivas para demarcar o limite de distanciamento entre equipamentos nas academias. Além disso, o trabalho foi liberado para quem já tem mais de 30 dias que tomou a 2ª dose da vacina.

Confira as alterações presentes no último documento

Art. 1º O Decreto nº 41.913, de 19 de março de 2021, passa a vigorar com as seguintes alterações:

“Art. 2º ……………………………………………………….
I – a realização de eventos presenciais, de qualquer natureza, que exijam licença eventual do Poder Público, incluindo eventos corporativos como congressos, convenções, seminários, simpósios, feiras e palestras, excetuado o licenciamento para realização de cursos profissionalizantes e de capacitação, respeitados os protocolos e medidas de
segurança estabelecidos no item F, do Anexo Único deste Decreto. ……………………….” (NR)

“Art. 5º
IV – proibir a participação nas equipes de trabalho de pessoas consideradas do grupo de risco, tais como idosos e pessoas portadoras das comorbidades descritas no Plano de Contingência da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, acessível por meio do sítio http://www.saude.df.gov.br, exceto as pessoas imunizadas contra a COVID-19, após trinta dias do recebimento da segunda dose da vacina ou da dose única, nos casos indicados pelo fabricante;

§ 4º Fica proibida a participação de gestantes nas equipes de trabalho, por força da Lei Federal nº 14.151, de 12 de maio de 2021, bem como as lactantes pelo período de doze meses a contar do parto.” (NR)

Art. 2º O Anexo Único do Decreto nº 41.913, de 19 de março de 2021, passa a vigorar com as alterações constantes do Anexo Único deste Decreto.

Art. 3º Ficam revogados:
I – os § 1º e § 2º do art. 6º, do Decreto nº 41.913, de 19 de março de 2021;
II – o número 6, do item “I”, do Anexo Único, do Decreto nº 41.913, de 19 de março de
2021;
III – o número 11, do item “D”, do Anexo Único do Decreto nº 41.913, de 19 de março de
2021;
IV – o número 14, do item “F”, do Anexo Único do Decreto nº 41.913, de 19 de março de
2021;
Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 17 de junho de 2021
132º da República e 62º de Brasília
IBANEIS ROCHA
ANEXO ÚNICO
PROTOCOLOS E MEDIDAS DE SEGURANÇA ESPECÍFICOS
“D)

Proibido o funcionamento dos bebedouros, excetuado o uso de filtros de água para recarga de garrafas de uso pessoal.

Fica permitida a utilização das catracas e pontos eletrônicos para clientes e colaboradores, desde que não utilize biometria, especialmente de impressão digital.

Higienização dos equipamentos compartilhados tais como halteres, caneleiras, barras, colchonetes, máquinas e similares ao fim de cada utilização e antes do início das atividades. Após a higienização, sinalizar informando que está higienizado.

Disposição das carteiras, cadeiras e mesas respeitando uma distância mínima de 1,0 metro uma das outras, conforme estabelecido no Guia de Implementação de Protocolos de Retorno das Atividades Presenciais nas Escolas de Educação Básica do Ministério da Educação.

Proibido o funcionamento dos bebedouros, excetuado o uso de filtros de água para recarga de garrafas de uso pessoal.

Horário de funcionamento: conforme a licença de funcionamento.” (NR)

Por Guilherme Gomes do Jornal de Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Renato Alves/ Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui