Neoenergia inaugura novo centro no DF

A central está instalada na sede da Neoenergia no DF, no ParkShopping Corporate. A unidade tem capacidade três vezes maior que a anterior

5

A Neoenergia Distribuição Brasília inaugurou nesta segunda-feira (20) um novo Centro de Operações Integradas (COI) no Distrito Federal. A entidade promete que a central irá monitorar em tempo real o que se passa em toda a rede, podendo se antecipar a eventuais gargalos e até mesmo operar o sistema à distância com alto nível de confiabilidade, minimizando os impactos de interrupções de energia para a população.

A central está instalada na sede da Neoenergia no DF, no ParkShopping Corporate. A unidade tem capacidade três vezes maior que a anterior e funciona ininterruptamente 24 horas por dia, sete dias por semana. Possui 24 posições de monitoramento do sistema elétrico e dois telões principais que apresentam em tempo real a radiografia da rede de energia.

A solenidade contou com a presença do vice-governador do Distrito Federal, Paco Brito; do Vice Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Deputado Rodrigo Delmasso; do Superintendente de Mediação Administrativa, Ouvidoria Setorial e Participação Pública da ANEEL, André Ruelli; do Diretor de Programa da Secretaria de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Rodrigo Fornari; do Embaixador da Espanha no Brasil, Fernando Garcia Casas; e de representantes dos órgãos e empresas públicas do Distrito Federal.

Investimentos

O investimento em redes inteligentes, sistemas capazes de identificar pontos de falha de forma automatizada, permitindo às equipes isolarem os defeitos remotamente, é uma das principais apostas da Neoenergia para melhorar o serviço oferecido aos brasilienses. Desde o início da concessão, a empresa investiu mais de R$ 70 milhões em todo o DF, com destaque para os equipamentos que permitem operar a rede elétrica à distância.

Foram instalados até agora 160 novos religadores, que atuam no restabelecimento mais ágil da energia em caso de eventuais ocorrências. Também foram instalados sensores de falta, equipamentos que auxiliam, por meio da emissão de um sinal luminoso, as equipes de campo na identificação de um eventual defeito na rede. Foram configurados 25 esquemas de Self-Healing, sistema que isola um defeito na rede e promove a recomposição automática do serviço na maior parte da área afetada, e também um esquema de Transferência Automática de Cargas (TAL), em funcionamento na Subestação 08 e que, por meio de uma série de comandos sequenciais automatizados, reduz o tempo de desenergização da subestação em uma eventual ocorrência, e proporciona o rápido restabelecimento da energia.

As novas tecnologias já aplicadas nas redes elétricas do Distrito Federal beneficiam diretamente mais de 760 mil pessoas e, até o final do ano, a empresa vai instalar mais 450 equipamentos para redes inteligentes. “Evoluímos bastante nesses oito meses de atuação no Distrito Federal, realizando todos os investimentos planejados, e seguimos atuando para melhorar a qualidade do serviço”, afirma o diretor-superintendente Técnico da Neoenergia Brasília, Antônio Carlos Queiroz.

Paralelamente aos investimentos em infraestrutura e equipamentos, a empresa ampliou os canais de relacionamento com o cliente possibilitando mais opções para comunicar eventuais interrupções no fornecimento. Além do teleatendimento 116, o consumidor pode relatar ocorrências por meio do App ‘Neoenergia Brasília’, enviando mensagem para o WhatsApp (61) 3465-9318 ou pelo site www.neoenergiabrasilia.com.br. É importante sempre informar o número da conta contrato para facilitar a identificação e conferir mais agilidade no atendimento do chamado.

Por Redação do Jornal de Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui