Novo secretário de Economia do DF diz que novo Refis começa em 10 de janeiro

José Itamar Feitosa, à frente da pasta desde a última sexta-feira (24/12/21), também anunciou que 3ª parcela do reajuste dos servidores sairá em abril e previu 28 concursos para 2022

179

O Distrito Federal terá um novo programa de renegociação de dívidas a partir de 10 de janeiro. O Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis) ficará aberto até 31 de março, segundo o novo secretário de Economia do DF, José Itamar Feitosa, que tomou posse na última sexta-feira (24/12). Ele assumiu no lugar de André Clemente, nomeado para conselheiro do Tribunal de Contas do DF.

Durante sua participação no CB.Poder, programa de entrevistas do Correio em parceria com a TV Brasília, o gestor explicou que o novo Refis vai tratar de dívidas até 2020, com perspectiva de movimentação de aproximadamente R$ 1 bilhão. “Será um reforço de caixa”, afirmou Feitosa à jornalista Samanta Sallum.

Por Ana Isabel Mansur do Correio Braziliense com informações de Sueli Moitinho

Foto: Marcelo Ferreira/CB/DA Press

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui