Restaurantes comunitários do DF dão dicas de alimentação saudável e sustentável

Em alusão ao Dia Mundial da Alimentação, celebrado no domingo (16), unidades prepararam cardápio especial nesta terça (18) para os frequentadores, que também receberam orientações das nutricionistas

118

Frango assado ao molho de abacaxi, vegetais refogados com cebola, orégano e molho de tomate, arroz, feijão, salada e, de sobremesa, um doce de casca de melancia caramelizada. Esse foi o cardápio especial oferecido nesta terça-feira (18) nos 14 restaurantes comunitários do Distrito Federal, em alusão ao Dia Mundial da Alimentação. A data foi comemorada no último domingo (16).

Para marcar o Dia Mundial da Alimentação, os 14 restaurantes comunitários estão expondo, durante toda esta semana, painéis que destacam a importância e a necessidade de ter uma alimentação mais saudável e sustentável, com vídeo explicativo

“A comida aqui é boa e barata. Sou aposentado e venho todo dia pegar minha marmita. Estou satisfeito com o sabor e o valor. E hoje está uma delícia: tem arroz, feijão, duas saladas, frango assado. Aqui é bom demais”, comemora o aposentado Francisco Grossi, durante o almoço no Restaurante Comunitário do Riacho Fundo II.

O Dia Mundial da Alimentação foi criado com o objetivo de estimular uma reflexão sobre segurança alimentar e nutricional. Essa data foi escolhida para lembrar a criação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em 1945.

Além da refeição nos restaurantes comunitários administrados pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), os frequentadores receberam orientações das nutricionistas das unidades sobre como manter uma alimentação saudável, receitas e puderam degustar um bolo integral feito com a casca da banana.

“Todos os restaurantes comunitários estão com degustações, ensinando as preparações com o aproveitamento total dos alimentos. Por exemplo, temos hoje no cardápio um doce saboroso feito com a casca da melancia”, ressalta a subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Vanderléa Cremonini. “O tema deste ano é não deixar ninguém para trás. Então, estamos buscando justamente incluir aqui nos restaurantes essas pessoas que não têm acesso a essas informações no dia a dia.”

“Todo ano, a Sedes se prepara para comemorar esse dia, organiza diversas atividades. O Dia Mundial da Alimentação é uma data importante para a segurança alimentar e nutricional. É um momento de comemorar e lembrar da importância da alimentação saudável”Renata Marinho O’Reilly, secretária adjunta de Desenvolvimento Social

De acordo com a Sedes, em 2021, foram servidas 7.973.474 de refeições nos 14 restaurantes comunitários, incluindo café da manhã, almoço e as refeições para a população em situação de rua. Neste ano, só até agosto, já foram oferecidas 6.614.176.

Para marcar o Dia Mundial da Alimentação, os 14 restaurantes comunitários estão expondo, durante toda esta semana, painéis que destacam a importância e a necessidade de ter uma alimentação mais saudável e sustentável, com vídeo explicativo.

“Todo ano, a Sedes se prepara para comemorar esse dia, organiza diversas atividades. O Dia Mundial da Alimentação é uma data importante para a segurança alimentar e nutricional. É um momento de comemorar e lembrar da importância da alimentação saudável”, destaca a secretária adjunta de Desenvolvimento Social, Renata Marinho O’Reilly.

Segundo ela, o diferencial da campanha deste ano é que todas as unidades socioassistenciais também estão envolvidas nessa mobilização.

“Orientamos os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), os Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Cecon) e os Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) a organizarem atividades de educação alimentar e nutricional para o público atendido, de acordo com as demandas de cada território. São atividades que estão ocorrendo ao longo deste mês de outubro”, enfatiza.

Dia Mundial da Alimentação

Em alusão ao Dia Mundial da Alimentação, será lançado nesta quarta-feira (19), na Fiocruz Brasília, o e-book Receitas de família incentivando uma alimentação adequada e saudável a partir do consumo de frutas, legumes e verduras: a experiência no território do Distrito Federal, elaborado por meio da parceria entre o Observatório Brasileiro de Hábitos Alimentares (OBHA) da Fiocruz Brasília e as secretarias de Saúde (SES-DF) e de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes-DF).

O material será divulgado pelo Programa de Alimentação, Nutrição e Cultura (Palin) da Fiocruz Brasília, durante o seminário Dia Mundial da Alimentação – O princípio de não deixar ninguém para trás.

O encontro vai refletir sobre os avanços, retrocessos e estratégias para atingir os compromissos globais assumidos em 2015 para erradicar a fome, a pobreza, garantir a paz e permitir à população mundial uma vida digna e plena com sustentabilidade para o planeta. Será evento híbrido. Para se inscrever, acesse https://campusvirtual.fiocruz.br/portal/node/66162.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social 

Por Agência Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Divulgação/Sedes / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui