Estudo revela impacto da covid no mercado de trabalho do DF e Entorno

Um terço da população em idade ativa da área metropolitana de Brasília foi contaminada pelo vírus

80

Um terço da população em idade ativa (PIA) da área metropolitana de Brasília foi contaminada pelo vírus da covid-19. Por outro lado, o percentual de imunização entre os trabalhadores do setor de serviços chegou a 92,1% e na construção civil (81,5%). Estes são alguns dos dados que constam no boletim Covid-19 e as Repercussões no Mercado de Trabalho da Área Metropolitana de Brasília, produzido pelo Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal (IPEDF).

O sumário executivo do estudo lista os principais resultados do bloco especial sobre a pandemia aplicado ao questionário da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) entre outubro de 2021 e setembro de 2022. Além das informações habituais levantadas pela pesquisa, o estudo traz dados sobre contaminação, imunização, recuperação e óbitos.

Entre os ocupados, a contaminação chegou a quase ⅓ deles, enquanto 23% dos desempregados e inativos foram contaminados

O levantamento abrange a PIA, composta pelas pessoas com 14 anos ou mais, na Área Metropolitana de Brasília, que compreende o Distrito Federal e os 12 municípios goianos vizinhos que integram a Periferia Metropolitana de Brasília (PMB): Águas Lindas de Goiás, Alexânia, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Padre Bernardo, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

Resultados

Quanto à contaminação pela covid-19, 28% da PIA foi atingida pela doença, o que corresponde a cerca de um milhão de pessoas. Entre os ocupados, a contaminação chegou a quase ⅓ deles, enquanto 23% dos desempregados e inativos foram contaminados. Os profissionais da construção civil apresentaram uma taxa de infecção entre eles (21,8%) consideravelmente inferior à taxa observada entre os profissionais do setor de serviços, os mais afetados por setor de atuação (35,7%).

Em relação à imunização, a primeira dose da vacina foi disponibilizada para toda a população em idade ativa da capital federal em setembro de 2021. A ampla cobertura vacinal só foi observada praticamente um ano após essa disponibilização, com 88% da PIA imunizada. Quase 90% dos ocupados estavam imunizados, frente a 81,3% dos desempregados. O percentual de imunização foi maior entre os trabalhadores do setor de serviços (92,1%) e menor entre os da construção civil (81,5%).

De modo geral, o período inicial da pandemia e o fechamento das atividades não essenciais ocasionaram uma significativa redução na taxa de participação – proporção de pessoas com 14 anos ou mais ocupadas ou desempregadas.

Confira o sumário executivo completo.

*Com informações do IPEDF

Por Agência Brasília

Foto: Lucio Bernardo Jr./ Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui