Quase 3,3 mil pessoas privadas de liberdade no DF são aprovadas no Encceja 

Em 2022, Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos registrou a inscrição de 4.586 custodiados - o que representa um aumento de 223,7% na comparação com o ano passado

115

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seape) comemora a marca histórica de 3.286 pessoas privadas de liberdade (PPL) aprovadas no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) PPL.

O número de aprovados corresponde a 21,35% do total de custodiados do sistema prisional do Distrito Federal. O resultado reflete o trabalho para ampliação do acesso à educação dentro das unidades. Em 2022, foram inscritos 4.586 custodiados, um aumento de 223,7% comparado com o ano anterior.

O Encceja é uma avaliação para aferição de competências, habilidades e saberes de jovens e adultos em nível de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio para fins de correção do fluxo escolar.

Para o participante ser inscrito e pleitear a certificação do ensino fundamental, é necessário ter, no mínimo, 15 anos completados até o dia de realização das provas e não ter concluído o ensino fundamental.

Para pleitear a certificação do ensino médio é necessário ter, no mínimo, 18 anos completos no dia da realização das provas e não ter concluído o ensino médio. As provas foram aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) em 18, 19 e 20 de outubro.

*Com informações da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape)

Por Agência Brasília

Foto: Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui