Lula se solidariza com Turquia e Síria após terremoto

O gás da região já havia sido cortado, pois tremores secundários eram esperados e poderiam causar explosões

177

Presidente do Brasil, Lula demonstrou preocupação com a Turquia e a Síria, que foram atingidas por terremotos nesta segunda-feira (6). Por meio de seu Twitter, o petista disse que o Brasil se solidariza com os povos dos dois países.

Às 4h17 do horário local (22h17 de domingo em Brasília), o primeiro terremoto, de magnitude 7,8, atingiu o sudeste da Turquia e o norte da Síria, causando o desabamento de mais de dois mil prédios. O último balanço informava 912 mortes.

Mais tarde, às 13h24 do horário local (7h24 de Brasília), um novo tremor de magnitude 7,4 atingiu a mesma região, a quatro quilômetros da cidade de Ekinozu. O gás da região já havia sido cortado, pois tremores secundários eram esperados e poderiam causar explosões.

Por questões de segurança, o gás foi cortado em toda a região, já que tremores secundários poderiam gerar explosões. Este é o maior terremoto na Turquia desde 17 de agosto de 1999, que causou 17 mil mortes.

Por Camila Bairros do Jornal de Brasília

Foto: AFP / Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui