Selecionados no RenovaDF devem efetivar matrícula até sexta-feira (31)

Nesta etapa, entre os selecionados, estão 107 pessoas em situação de rua e 43 imigrantes

76

Os 1,5 mil selecionados para participar do segundo ciclo do RenovaDF de 2023 estão convocados a comparecer a uma das 14 agências do trabalhador, até sexta-feira (31), das 8h às 17h, para efetivação da matrícula.

Os convocados deverão apresentar os seguintes documentos:

– Identidade (RG) ou documento equivalente com foto, e comprovação de registro no Cadastro Geral de Pessoas Físicas (CPF)
– Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), última página e posterior em branco, digital ou impressa
– Comprovante de residência no DF ou declaração de próprio punho

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet), se não houver a confirmação da matrícula na data determinada ou não apresentar a documentação completa, o candidato será automaticamente desclassificado. E neste caso, alguém do cadastro reserva será convocado.

Nesta etapa, entre os selecionados, estão 107 pessoas em situação de rua e 43 imigrantes.

“Para o aluno, o RenovaDF é a qualificação profissional que abre uma porta para o mercado de trabalho. Além disso, também houve um reforço no orçamento familiar com o benefício de um salário mínimo mensal. E ele, ainda, está revitalizando os espaços públicos de sua própria cidade”, declara Thales Mendes, secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do DF.

Confira aqui a lista dos convocados.

O curso

As atividades estão previstas para começar no dia 18 de abril. Os cursos têm duração de 240 horas, divididas em três etapas de 80 horas, com 4 horas diárias de atividades.

Os participantes recebem auxílio pecuniário equivalente a um salário mínimo, após a conclusão de cada 80 horas; auxílio-transporte; seguro contra acidentes pessoais e certificado de conclusão. Os alunos ainda são contemplados com kit uniforme com camiseta, bota, capa de chuva, garrafa d’água, boné, equipamento de proteção individual e lanche.

Desenvolvido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai), o programa já formou 11.171 alunos em sete ciclos. O RenovaDF qualifica os participantes com noções básicas na área da construção civil, enquanto eles recuperam os espaços públicos da cidade, como parquinhos, praças, quadras poliesportivas e campos sintéticos de futebol.

Mais de 1.200 equipamentos públicos já foram recuperados pelos aprendizes do programa e 15 regiões administrativas foram contempladas com as ações.

*Com informações de Josiane Borges, da Agência Brasília

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Agência Brasília / Reprodução Jornal Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui