GDF faz ação de combate à dengue no Entorno

Parceria com o município de Padre Bernardo (GO) visa diminuir proliferação do mosquito 'Aedes aegypti' na região

70

Dez carros da Secretaria de Saúde (SES) do Distrito Federal realizaram nesta segunda-feira (03/04) o serviço de pulverização com inseticida de ultra baixo volume (UBV), popularmente chamado de fumacê, em localidades do Entorno do Distrito Federal. Os distritos de Vendinha e de Ouro Verde, ambos do município de Padre Bernardo (GO), foram alvos da ação. O intuito é combater a infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

“O SUS é isso: não tem fronteira. Estamos aqui ajudando a população. É uma área de Goiás, mas há um convênio entre as administrações para permitir ações conjuntas”Divino Valero, subsecretário de Vigilância à Saúde do DF

“Esse trabalho é de fundamental importância para a saúde da população local e para que o serviço realizado no DF seja ainda mais efetivo”, afirma o coordenador de Controle Químico e Biológico do DF, Reginaldo Braga. Além de o Aedes aegypti poder voar até mil metros por dia, há ainda o fluxo eventual de pessoas contaminadas entre as duas unidades federativas.

Um dos indicadores que orientou a aplicação maciça do fumacê na cidade goiana foi o atendimento a pacientes com sintomas de dengue. Somente no primeiro trimestre deste ano, 622 pessoas com suspeita de estarem infectadas pelo mosquito, residentes em Goiás, foram a hospitais do DF. Desse total, a maior parte buscou assistência no Hospital Regional de Brazlândia.

A região administrativa de Brazlândia é a única do Distrito Federal atualmente classificada como de “alta incidência” de casos prováveis de dengue. O aumento na cidade foi de 267,8% frente ao mesmo período do ano passado. A média no DF, contudo, mostra redução de 58,8%, de acordo com o último Boletim Epidemiológico da SES, divulgado na segunda-feira (3).

“O SUS é isso: não tem fronteira. Estamos aqui ajudando a população. É uma área de Goiás, mas há um convênio entre as administrações para permitir ações conjuntas”, explica o subsecretário de Vigilância à Saúde do DF, Divino Valero.

Na ocasião, o secretário de Saúde do município de Padre Bernardo, Vilmar de Jesus Monteiro, acompanhou a ação dos veículos enviados pelo Governo do Distrito Federal e agradeceu o apoio. “Temos os colegas do DF, que todas as vezes se prontificaram a nos ajudar. Esse auxílio é sempre bem-vindo em nosso município”, diz.

Em diversas outras cidades, agentes de saúde atuam nas residências para reduzir os índices de infestação.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Por Agência Brasília

Foto: Tony Winston/Agência Saúde / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui