Detran-DF distribui livro infantil que orienta autistas sobre trânsito

A publicação lançada pelo órgão será entregue para famílias de crianças com TEA que fizerem solicitação por e-mail ao Departamento

83

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) distribuirá para as famílias de crianças autistas o novo livro inclusivo Autismo – Com um novo olhar é possível amar. A obra, lançada no dia 28 de abril pelo órgão, pretende contribuir para a construção de um olhar respeitoso e compreensivo com as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e os cuidados no trânsito, enquanto pedestre, ciclista e passageiro.

“O livro será entregue às famílias, preferencialmente, àquelas com alguém com autismo em sua composição, por meio de solicitação ao Detran”, explica a diretora de Educação de Trânsito do Detran, Paula Nunan.

Segundo Nunan, a obra faz parte do Programa de Inclusão Social que o órgão mantém desde 2019. “Ao assumir a Diretoria em fevereiro de 2023, percebi que faltava no programa uma ação que envolvesse e orientasse crianças, seus pais e a comunidade em geral sobre o autista no trânsito, e a obra me pareceu uma excelente iniciativa”, conta.

“O intuito é dar voz ao autismo, mostrar a autonomia deles e, ao mesmo tempo, apresentar as regrinhas para as crianças no trânsito”Aline Campos, escritora

As famílias podem solicitar a publicação diretamente ao órgão, através do e-mail direduc@detran.df.gov.br. Uma ficha cadastral será preenchida e os interessados receberão informações com a data de retirada do livro em uma das unidades do Departamento de Trânsito.

Autista e com um filho de 10 anos com o mesmo diagnóstico, a escritora do livro e servidora do Detran, Aline Campos, afirma que o principal objetivo é levar informações à população sobre o espectro autista e suas experiências no ambiente escolar, no relacionamento com os colegas e no deslocamento diário pelas vias públicas.

“Mostro no livro, através de traços e características, as particularidades das crianças autistas que podem ser percebidas por todos na escola e na sociedade. Além disso, apresento também as potencialidades que cada um tem e não somente as limitações”, diz a escritora.

Assim como no primeiro livro do órgão, Transitando consciente todo mundo fica contente, também de Aline Campos, o manuscrito foi criado e pensado para ampliar o vínculo das crianças com a vida no trânsito.

“Percorremos as ruas com o João [personagem central da história] para introduzir o trânsito na história. O intuito é dar voz ao autismo, mostrar a autonomia deles e, ao mesmo tempo, apresentar as regrinhas para as crianças no trânsito”, completa Aline.

A publicação traz, ainda, informações sobre como este público e seus familiares podem solicitar, junto ao Detran-DF, a credencial de estacionamento para uso de vaga especial. A expectativa da Diretoria de Educação no Trânsito é que as bibliotecas públicas e as escolas do DF também recebam a publicação a partir de junho.

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação Detran-DF / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui