GDF investe R$ 7 milhões na modernização das agências do trabalhador

Reforma garante mais conforto nos espaços; governo planeja expandir unidades para o Sol Nascente/Pôr do Sol, Arapoanga, Itapoã e Planaltina

81

Sete agências do trabalhador foram ou estão sendo reformadas, com investimento de R$ 7 milhões, para se tornarem mais confortáveis e acessíveis à população. A manutenção vai desde a troca do sistema de atendimento até novos mobiliários e espaços, como copas e brinquedotecas.

O valor investido atende às reformas feitas nas unidades Plano Piloto II, em andamento, e das concluídas Plano Piloto I, Sobradinho, Estrutural, Brazlândia, Gama e Santa Maria. Além dessas, o GDF prevê a locação de imóveis para abrir agências no Sol Nascente/Pôr do Sol, Arapoanga, Itapoã e Planaltina, ampliando a oferta de serviços.

Entre as melhorias estão troca de piso, pintura das paredes, substituição de mobiliários danificados, instalação de novos móveis e criação de novas copas e brinquedotecas. A reforma também inclui a modernização do atendimento ao público, como a implementação de um novo sistema de senhas, garantindo mais agilidade e eficiência.

“O governador Ibaneis foi sensível quanto à importância das agências do trabalhador na vida do cidadão brasiliense. Em função disso, foi possível a recuperação de toda a parte estrutural e mobiliária daquelas que mais precisavam. Com isso, aumentamos o atendimento, tanto na qualidade quanto na quantidade, e criamos um ambiente adequado para servir o cidadão que nos procura em busca de nossos serviços”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes.

As 14 agências do trabalhador funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem interrupção. Elas ofertam cadastro para curso de qualificação profissional, entrada no seguro-desemprego, orientação para o acesso à carteira de trabalho digital e intermediação de mão de obra. As unidades também fazem atendimentos para inscrição nos programas de qualificação da pasta, a exemplo do RenovaDF e do QualificaDF, e também de acesso a microcrédito.

De 2019 a 2022, mais de 64 mil vagas foram ofertadas pelas agências do trabalhador. Para saber o endereço de cada unidade, basta acessar este link. Para quem está à procura de um emprego, a Agência Brasília divulga, de segunda a sexta-feira, as vagas disponibilizadas pelas empresas.

Por Agência Brasília

Foto: Renato Alves/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui