Mobilização no Buriti aplica 640 doses de vacina contra covid e influenza

Servidores e público em geral interessados podem comparecer portando cartão de vacina ou apenas documento de identidade

60

A busca ativa por não vacinados contra a covid-19 e a influenza (gripe) chegou ao Palácio do Buriti nesta terça-feira (6) e se estende até amanhã (7). O Governo do Distrito Federal (GDF) disponibilizou este ponto extra de imunização, no edifício Anexo, aplicando 640 doses apenas neste primeiro dia, sendo 283 de covid e 357 de influenza. Servidores e público em geral interessados podem comparecer portando cartão de vacina ou apenas documento de identidade.

A ação acontece antes do feriadão como comemoração adiantada do Dia Nacional de Imunização, celebrado em 9 de junho. Os servidores que trabalham na região e a população que passar pelo local terão mais uma oportunidade nesta quarta (7), das 9h às 16h, para se vacinar contra as duas doenças.

Assessora especial da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovações (Secti), Patrícia Moutinho foi até a tenda de imunização com colegas de equipe e se vacinou contra as duas doenças. “Aproveitamos o horário próximo ao almoço para descermos e tomarmos as vacinas, porque ficou pertinho. Nem sempre a gente tem tempo de ir ao posto de saúde nos horários de atendimento, então a iniciativa foi muito boa”. E incentivou: “Vamos gostar se puderem trazer mais vezes, tanto para outras vacinas quanto para doação de sangue, por exemplo”.

O cuidado com a imunização para evitar o aparecimento de doenças foi o que levou o agente de gestão fazendária da Secretaria de Fazenda José Roberto Brandão a se vacinar no Anexo do Buriti. “É muito importante a prevenção, temos que nos antecipar à possibilidade de adoecermos. Eu pratico corrida e busco ter uma alimentação saudável, e a vacinação faz parte de cuidar da saúde como um todo, para nos mantermos ativos na rotina”, explica.

A iniciativa é fruto da parceria entre a Subsecretaria de Segurança e Saúde no Trabalho (Subsaúde) da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração (Seplad), a Secretaria de Saúde (SES) e o Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Distrito Federal (Inas-DF).

*Com informações da Agência Brasília

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Geovana Albuquerque/Arquivo-SES / Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui