Novo herbário abrigará acervo científico do Jardim Botânico de Brasília

O prédio terá sala de reunião, novo sistema de ar-condicionado, iluminação natural, piso de granitina, laje impermeabilizada, sistema elétrico trifásico, banheiros e copa de apoio aos servidores

70

O coração do Jardim Botânico de Brasília (JBB) está prestes a ganhar um novo espaço. Com uma área de 393 m² e investimento de R$ 790 mil, a construção das novas instalações do Herbário Ezechias Paulo Heringer, que abrigará todo o acervo científico da estação ecológica, está em fase de acabamento. Além de uma estrutura moderna, o herbário contará com a ampliação da área do acervo de 66 m² para 100 m², possibilitando a visita de pesquisadores e a conexão entre as salas de catalogação e fotografia.

O prédio terá sala de reunião, novo sistema de ar-condicionado, iluminação natural, piso de granitina, laje impermeabilizada, sistema elétrico trifásico, banheiros e copa de apoio aos servidores. Além disso, a sala de catalogação que abriga as espécies do cerrado possui climatizador e desumidificador, que retira a umidade do ar.

De acordo com a assessora técnica do projeto, a arquiteta Anne Karoline Del Corzo, em breve as instalações serão liberadas para uso. O Herbário do JBB mantém 40 mil plantas desidratadas que, colhidas durante expedições, formam uma coleção botânica destinada à pesquisa sobre a origem e classificação do cerrado.

Agência Brasília

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília / Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui