DF se prepara para receber desfiles das escolas de samba

Estrutura montada no Eixo Ibero-Americano passa pelos últimos retoques para os três dias de apresentações, de sexta (23) a domingo (25)

67

A passarela montada no Eixo Cultural Ibero-Americano (antiga Funarte) está em estágio final de montagem para receber o desfile das escolas de samba do Distrito Federal, que ocorre neste fim de semana, dos dias 23 a 25 de junho.

As obras de pavimentação asfáltica (fresagem e recapeamento) incluem uma área de 8,8 mil metros quadrados e um investimento de R$ 950 mil. Ao todo, o Governo do Distrito Federal (GDF) destinou R$ 7 milhões para 13 escolas de samba, totalizando 13 cidades diferentes contempladas com o recurso público.

De acordo com Sol Montes, subsecretária de Difusão e Diversidade Cultural, a logística envolve diretamente mais de 4 mil pessoas, entre desfilantes e pessoas contratadas. O público estimado durante os três dias de desfile é de 40 mil pessoas.

“É o maior espetáculo da cidade, que estava enterrado há quase uma década. Estamos em um processo muito interessante de resgate da maior manifestação de cultura popular dessa cidade, que é o desfile das escolas de samba”, ressaltou.

O Distrito Federal está há nove anos sem desfile das escolas de samba. O secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, ressalta a representatividade do setor para a economia e a cultura de Brasília, por envolver uma cadeia grande de produtores.

“Aqui você não vê apenas o samba sendo exibido. Estão presentes a gastronomia, o vestuário, o design, uma série de atividades. Está aí a razão de todo esse investimento. São escolas que têm história. Esse é um grande palco para uma grande volta”, observou.

O secretário concluiu fazendo um convite ao público da capital: “Venham ver os artistas do carnaval e do samba, aplaudir essa moçada que tem um potencial enorme para apresentar muita coisa e nos dar muita alegria”.

Programação e trânsito

A partir das 23h desta segunda-feira (19), motoristas que passarem pela Via S1 deverão estar atentos às interdições no trânsito. As mudanças seguem até o fim de semana e antecedem o desfile das escolas de samba, entre sexta (23) e domingo (25), na passarela que está sendo montada no Eixo Cultural Ibero-Americano.

A programação inclui shows na parte da tarde, de artistas como Dudu Nobre e outros, que acontecerão ao lado da passarela Marcelo Senna. Os desfiles serão realizados no período noturno. Confira as atrações e os horários abaixo:

Programação

23/6 – Sexta-feira

15h40 – 16h40: Força das Pretas (DF)
17h10 – 18h10: Dudu Nobre e Banda (RJ)
18h40 – 19h40: Vou pro Sereno (RJ)
19h45 – 20h45: Coruja Serrana de Sobradinho II
20h55 – 21h55: Gruvipi Unidos de Vicente Pires
22h05 – 23h05: Unidos da Vila Paranoá
23h15 – 0h15: Unidos do Varjão
0h25 – 1h30: Unidos da Vila Planalto/Lago Sul
1h40 – 2h45: Águia Imperial de Ceilândia
2h55 – 4h: Unidos do Cruzeiro – Aruc

24/6 – Sábado

14h10 – 15h10: Banda Matuskela
15h40 – 16h40: Batucada dos Raparigueiros
17h10 – 18h10: Grupo dos Criollos
18h40 – 19h40: Grupo Cacique de Ramos (RJ)
19h45 – 20h45: Acadêmicos do Riacho Fundo II
20h55 – 21h55: Capela Imperial de Taguatinga
22h05 – 23h05: Acadêmicos de Santa Maria
23h15 – 0h20: Mocidade do Gama
0h30 – 1h55: Bola Preta de Sobradinho
2h05 – 3h10: Acadêmicos da Asa Norte

25/6 – Domingo

12h – 12h45: Alexandre do Samba
13h – 13h45: Kris Maciel
14h: Apuração do Grupo de Acesso
15h: Apuração do Grupo Especial
18h – 18h45: Roda de Samba Sagaz
19h – 19h45: Milsinho
20h – 21h: Délcio Luiz e Banda (RJ)

Por Agência Brasília

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui