Na Hora chega a 42 milhões de atendimentos em 21 anos

Instituição tem oito unidades no DF e uma carreta que oferece serviços itinerantes

48

Nascido como Serviço de Atendimento Imediato ao Cidadão, o Na Hora, gerido pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), completa 21 anos nesta terça (20) com motivos para comemorar: são 42 milhões de atendimentos contabilizados ao longo desse tempo. A escolha do nome do órgão é acertada: eficiência e rapidez são a tônica dos serviços oferecidos.

Em um único local, a população encontra representantes de vários órgãos públicos que ofertam serviços de cidadania. Atualmente, há oito unidades espalhadas pelo DF que funcionam em locais de grande circulação e de fácil acesso, reunindo 26 órgãos parceiros. 

“As unidades do Na Hora buscam esse resgate da cidadania e a inserção social a partir da disponibilização dos serviços em locais acessíveis à população; é um atendimento de alto padrão de qualidade que desburocratiza os canais de comunicação entre o Estado e o cidadão”, afirma  a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Unidade móvel

Para aprimorar esse atendimento, a Sejus, no ano passado, criou o Na Hora Mais Perto do Cidadão, programa por meio do qual uma unidade móvel da secretaria percorre diversos pontos do DF ofertando serviços à população. De fevereiro de 2022 até maio de 2023, já foram realizados 20.807 atendimentos itinerantes.

São serviços da Caesb, Codhab, Detran, Neoenergia e INSS, entre outros órgãos que vão aonde estiver o cidadão. “A carreta do Na Hora é um projeto inovador que proporciona atendimento de qualidade”, ressalta o   subsecretário de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão, Rodrigo Barbosa. “Também facilita a vida das pessoas que têm dificuldade de locomoção e favorece a melhoria das condições sociais, econômicas e de acesso a serviços”. 

Outras ações

54.970Total de ligações telefônicas recebidas pelo Alô Na Hora desde 2022

Também desenvolvido pela Sejus, o projeto Na Hora Cidades funciona para descentralizar os serviços de autoatendimento nas administrações regionais de São Sebastião, Planaltina, SCIA/Estrutural e Recanto das Emas.

O Alô Na Hora, por sua vez, é mais um canal de agendamento para os serviços presenciais, que pode ser acionado pela Central de Atendimento ao Cidadão do Distrito Federal – Central 156, opção 8. De janeiro de 2022 até agora, já foram registradas 54.970 ligações.

O objetivo é facilitar a disseminação de informações e o acesso aos serviços disponibilizados pelos órgãos parceiros, principalmente para pessoas em situação de vulnerabilidade que não têm acesso à tecnologia ou possuem dificuldade de se deslocar até uma das unidades para agendamento presencial. 

*Com informações da Sejus

Por Agência Brasília

Foto: Jhonatan Vieira/Sejus / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui