Programa no DF capacita mulheres para promover a independência econômica

A iniciativa Mão na Massa é uma parceria da Secretaria da Mulher do Distrito Federal e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac)

29

Realizado pela Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF), o programa Mão na Massa – apoiado pelo Instituto BRB e em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) -, capacita mulheres em alongamento de unhas, na Casa da Mulher Brasileira, e em depilação, na unidade do Senac, ambos em Ceilândia. As ações, com 60 e 80 horas, respectivamente, são ações profissionalizantes voltadas para mulheres com o objetivo de promover o empreendedorismo e a independência econômica.

Para a secretária da Mulher, Giselle Ferreira, o Mão na Massa proporciona novas oportunidades às alunas. “A SMDF acolhe e também capacita as mulheres. Sabemos o quanto a qualificação profissional e a capacitação permitem que as alunas tenham independência financeira. É assim que vem o fortalecimento para que muitas delas saiam de situações de violência”, destaca.

Na Casa da Mulher Brasileira, até o próximo dia 29, as 20 alunas do curso de extensão de unhas recebem lanche e podem levar os filhos para a brinquedoteca do local. Tatiane Ferreira, 33 anos, trabalha em salão há cinco anos e sentia necessidade de se aperfeiçoar. “Esse curso vai ser um divisor de águas na minha vida, sempre quis aprender extensão de unhas, mas não tinha como pagar as aulas. Estou amando, quero abrir meu estúdio e trabalhar por conta própria”, afirma.

Já a aluna Shirlei da Silva, 44 anos, dona de casa, foi incentivada pela médica que acompanha o seu tratamento contra a depressão. “Terminei o curso de manicure e pedicure, e a minha vida mudou. Não quero mais ser só dona de casa, quero ser nail designer. Eles já me deram os materiais, e vou começar a atender na minha casa”, destaca.

Os cursos abrangem mulheres que buscam na capacitação profissional uma oportunidade para mudar de vida. Na unidade do Senac de Ceilândia, o curso de depilação tem a duração de um mês, com nove alunas na turma. Para a professora Daniele Moraes, 33 anos, ensinar uma nova profissão às mulheres é muito gratificante. “Há sete anos, passo o meu conhecimento para elas. Eu formo colegas de trabalho, profissionais que vão seguir em frente com técnica e garra, terão muito sucesso”.

Mão na Massa

Mais do que um curso técnico, as alunas do Mão na Massa assistem a palestras de empreendedorismo, inovação, atuação profissional, entre outros. Ao término do treinamento, elas participam do curso Realize, no Espaço Empreende Mais Mulher, em Taguatinga.

A proposta do Realize, ministrado por pedagogos e psicólogas da SMDF, é treinar as habilidades socioemocionais das futuras empreendedoras. Para fazer a inscrição, as interessadas devem realizar o cadastro por meio do formulário geral de capacitação no site da SMDF.

*Com informações da Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF)

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/SMDF / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui