Adiado lançamento de sistema sobre demandas ambientais

Nova data de disponibilização do Harpia, que tem o objetivo de trazer mais agilidade nos atendimentos feitos pelo Instituto Brasília Ambiental, ainda será marcada

43

O Instituto Brasília Ambiental adiou, para data ainda a ser definida, o lançamento do Harpia, sistema de formulários eletrônicos que tem o objetivo de trazer mais agilidade nos atendimentos feitos pelo órgão à população. A autarquia ressalta que a nova data de lançamento será amplamente divulgada, assim que for definida.

A coordenação do desenvolvimento do projeto é da Unidade de Tecnologia e Gestão da Informação Ambiental (Ugin) do Instituto. O Harpia será voltado às superintendências de Licenciamento Ambiental (Sulam) e de Unidades de Conservação, Biodiversidade e Água (Sucon).

O sistema é um peticionamento eletrônico. Segundo o chefe da Ugin, Alex Costa, a ferramenta está sendo estruturada para facilitar a criação e o desenvolvimento dos formulários do Instituto. “Uma ferramenta low code, que dará condições para uma pessoa desenvolver um formulário sem, necessariamente, ter conhecimento avançado de programação e desenvolvimento”.

Com o novo sistema, os interessados poderão fazer seus requerimentos à Sulam e à Sucon do conforto de suas casas, como também inserir documentos, acompanhar o andamento do processo e ficar a par do resultado das análises de suas petições.

*Com informações do Instituto Brasília Ambiental

Por Agência Brasília

Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui