A importância dos exames de dosagem hormonal para homens e mulheres

De acordo com ela, é mais comum que exames de dosagem hormonal sejam requeridos por médicos em avaliações da saúde da mulher

40

Os hormônios desempenham um papel crucial no funcionamento do corpo humano, regulando uma variedade de processos fisiológicos. Tanto para homens quanto para mulheres, o equilíbrio hormonal é essencial para manter a saúde geral e o bem-estar, alertam os especialistas. É aí que entram os chamados ‘exames de dosagem hormonal’, que desempenham um papel vital na identificação de desequilíbrios, permitindo intervenções precoces e personalizadas para otimizar a saúde.

“Os exames hormonais são procedimentos de rotina feitos a partir de uma amostra de sangue do paciente. O laboratório verifica os níveis hormonais presentes na circulação sanguínea e assim pode identificar se a quantidade está baixa, normal ou alta”, explica a bioquímica e coordenadora técnica do Sabin Diagnóstico e Saúde, Luciana Figueira.

De acordo com ela, é mais comum que exames de dosagem hormonal sejam requeridos por médicos em avaliações da saúde da mulher. Uma das razões é o fato de os hormônios femininos estarem diretamente ligados a processos naturais, como o ciclo menstrual e a gestação.

“Um dos hormônios que costuma ser avaliado no caso da mulher é o FSH [folículo estimulante], ligado à fertilidade feminina, e que auxilia no diagnóstico das causas de menstruação irregular, além de confirmar a menopausa, puberdade precoce ou atrasada”, comenta a profissional.

Outro hormônio importante é o Luteinizante (HL), que estimula a produção de progesterona, ligado à ovulação durante o ciclo menstrual. “O exame de sangue para medir os níveis de LH é utilizado para diagnosticar infertilidade, por exemplo. Outra função é verificar a presença de tumor na hipófise, que é a glândula responsável por produzir o HL”, explica Luciana Figueira.

A chegada da menopausa ou da pós-pausa, período natural em que a mulher menstrua pela última vez, também exige um acompanhamento médico a partir dos exames de dosagem hormonal. Nessa fase da vida, é comum que os hormônios sofram desequilíbrios, sendo importante fazer o monitoramento constante com um profissional médico.

“Quando a mulher completa por volta de 45 anos e se aproxima do climatério, que é a transição até chegar à menopausa, é comum que médicos solicitem alguns desses exames hormonais. Outro é o estradiol, responsável pelo desenvolvimento dos ovários. Quando em baixo nível, pode causar mudanças no colesterol e até na manutenção da massa óssea”, esclarece a bioquímica.

Similar às mulheres, os homens também precisam realizar exames de dosagem hormonal quando há solicitação médica. O mais comum é a conhecida testosterona, que influencia desde a massa muscular masculina até pelos, libido e humor.

“A partir da dosagem de testosterona, o médico pode avaliar a causa de sintomas que possam estar ocorrendo, como baixa libido, redução da fertilidade e disfunções sexuais. Perda de força ou aumento da gordura corporal, por exemplo, também estão relacionadas a esse hormônio”, pontua a coordenadora técnica do Sabin.

Outras dosagens hormonais no check-up de homens não são exclusivas para eles, mas também são importantes. Uma delas é a dos hormônios da tireoide (T3 e T4). A partir da dosagem, é possível diagnosticar hipertireoidismo (quando a produção está alta) ou hipotireoidismo (em baixa). O primeiro causa sintomas como perda de peso, fraqueza, queda de cabelo e perda de apetite. Já o segundo, ganho de peso, perda de memória, queda de cabelo e desaceleração dos batimentos cardíacos, dentre outros sinais.

Outros

Além dos exames citados, existem outros que podem ser solicitados pelos médicos, dependendo da idade, do histórico familiar e dos sintomas apresentados pelos pacientes. Segundo o Ministério da Saúde, os exames de dosagem hormonal fazem parte da atenção básica, por isso é necessário que sejam feitos periodicamente, conforme a orientação médica. Os exames de dosagem hormonal também são importantes para o diagnóstico e o acompanhamento de algumas doenças endócrinas, como a síndrome dos ovários policísticos (SOP), que afeta cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva, e a deficiência do hormônio de crescimento (DGH), que pode causar baixa estatura e outros problemas de saúde.

Portanto, os exames de dosagem hormonal são fundamentais para a saúde de homens e mulheres, pois permitem a detecção precoce de desequilíbrios que podem comprometer o funcionamento do organismo. Além disso, os exames possibilitam o monitoramento e a avaliação da eficácia dos tratamentos hormonais, quando indicados. Por isso, é importante consultar regularmente um médico e realizar os exames conforme a necessidade de cada pessoa.

Por Jornal de Brasília

Foto: Jornal de Brasília / Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui