Programa DF Inova Tech encerra o ano com 7.478 alunos formados

Iniciativa entregará mais 200 certificados de conclusão de curso para estudantes. Curso de qualificação profissional em Inteligência Artificial será anunciado

23

O programa DF Inova Tech, realizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal (Secti-DF), em parceria com o Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF) e com a Fundação de Apoio à Pesquisa (FAPDF), alcançou a marca de 7.478 alunos formados desde que foi criado.

Na tarde desta quarta-feira (13), serão entregues mais 200 certificados de conclusão para os estudantes dos cursos de administrador de banco de dados, desenvolvedor C#, desenvolvedor Java, desenvolvedor Front-End, desenhista de páginas da Internet – Web Designer, eletricista de sistemas fotovoltaicos – energia solar, gestão de projetos com Scrum, processo de construção a seco – Drywall, operador de computador com aplicação de ferramentas de cloud computing, informática básica, modelagem computadorizada de peças do vestuário, Excel (básico, intermediário e avançado) e desenhista técnico de edificações em modelagem. A cerimônia será no Senai de Taguatinga.

Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Reisman, a formação de mão de obra em áreas estratégicas e o desenvolvimento de habilidades em novas tecnologias têm se tornado cada vez mais necessários para conseguir uma oportunidade profissional. “Uma das principais demandas do ecossistema de tecnologia e inovação atualmente é o aumento da capacitação em novas tecnologias, em especial àquelas ligadas à Indústria 4.0. Com o DF Inova Tech, nós impulsionamos a economia do Distrito Federal e damos a oportunidade de jovens, estudantes e profissionais mudarem de vida por meio da inclusão no mercado de trabalho”, destaca.

Durante a solenidade, será anunciado o lançamento do curso de qualificação profissional em inteligência artificial. A iniciativa em como objetivo o desenvolvimento de competências relativas à aplicação de inteligência artificial utilizando codificações na linguagem Python para a aplicação de conceitos machine learning e data science. As inscrições serão abertas em fevereiro de 2024.

*Com informações da Sect-DF

Por Agência Brasilia

Foto: Divulgação/ Secti-DF / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui