Copeiras hospitalares poderão participar de qualificação profissional

Curso de aperfeiçoamento é oferecido pelo IgesDF para qualificar profissionais que trabalham nas unidades geridas pelo instituto

114

A partir do fim deste mês, todas as copeiras hospitalares que prestam serviço nas unidades de saúde administradas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF) poderão participar de um curso promovido pela empresa que, contratada pelo instituto, é responsável pelo fornecimento de alimentos e pelo contrato de 256 copeiras hospitalares que atuam nos hospitais Regional de Santa Maria (HRSM) e de Base do Distrito Federal (HBDF) e nas 13 unidades de pronto atendimento (UPAs) do DF.

“São colaboradoras que lidam diariamente com os alimentos entregues aos nossos pacientes internados”, explica o diretor-presidente do IgesDF, Juracy Cavalcante Lacerda Júnior. “Por isso, é de extrema importância que recebam treinamento contínuo sobre higiene e segurança no ambiente hospitalar”. As inscrições estão abertas até o dia 26, com 40 vagas disponíveis. 

Abordagens

Dividido em duas etapas, o curso também oferece capacitação para novas copeiras hospitalares. As já contratadas receberão bolsas de estudo, além do custeio de todo o material do curso. As não contratadas devem arcar com o custo do material. 

Serão abordados temas como a importância de manuseio e detalhes básicos sobre higiene pessoal, manipulação dos alimentos e higiene dos utensílios, bem como noções de microbiologia (proliferação de bactérias), composição das dietas hospitalares e técnicas para montagem e entrega das bandejas, com dietas personalizadas para os pacientes.

Também serão enfatizadas questões como segurança no ambiente hospitalar, boa qualidade do atendimento, postura e ética profissional, adoção de boas práticas por meio de treinamento prático e teórico (com simulações do serviço a ser ofertado). Ao término, todas receberão certificado de qualificação.

Quem tiver interesse em participar do curso deve entrar em contato com os telefones (61) 99623-1806 ou 99384-4300.

*Com informações do IgesDF

Por Agência Brasília

Foto: Jurana Lopes/IgesDF / Reprodução Agência Brasília 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui