Patrimônio da previdência dos servidores do DF cresce R$ 1,2 bilhão em 2023

Carteira dos fundos administrados pelo Iprev-DF passou de R$ 6,1 bilhões em 2022 para R$ 7,37 bilhões no ano passado

23

O Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev-DF) registrou em 2023 um ganho expressivo na sua carteira de investimentos: mais de R$ 1,2 bilhão de aumento em seu patrimônio sob gestão. Em 2022, o total da carteira era de aproximadamente R$ 6,10 bilhões, e em 12 meses subiu para R$ 7,37 bilhões.

O patrimônio do Fundo Capitalizado (FC) passou de R$ 474 milhões em janeiro de 2023 para cerca de R$ 831 milhões em dezembro do mesmo ano, com uma rentabilidade acumulada de 11,56%, bem acima da meta de 7,63%.

O Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev-DF) registrou em 2023 um ganho expressivo na sua carteira de investimentos: mais de R$ 1,2 bilhão de aumento em seu patrimônio sob gestão. Em 2022, o total da carteira era de aproximadamente R$ 6,10 bilhões, e em 12 meses subiu para R$ 7,37 bilhões.

O patrimônio do Fundo Capitalizado (FC) passou de R$ 474 milhões em janeiro de 2023 para cerca de R$ 831 milhões em dezembro do mesmo ano, com uma rentabilidade acumulada de 11,56%, bem acima da meta de 7,63%.

Segundo ela, essas são as melhores performances já registradas historicamente em ambos os fundos geridos pelo Iprev-DF. “Esse é o resultado de uma política transparente e responsável de investimentos, levando em conta a alocação de recursos, a observância das melhores práticas e a aderência à política estabelecida por nossos conselhos”, afirma.

Raquel acrescenta que esse ganho dos fundos geridos pelo instituto significa muito para o Governo do Distrito Federal (GDF), para os servidores aposentados e da ativa e também para toda a população do DF.

E, para 2024, a perspectiva é otimista. “A melhoria da economia brasileira permitirá melhores resultados dos fundos de investimentos, com apoio da gestão qualificada e transparente dos recursos”, destaca o diretor de Investimentos do Iprev-DF, Thiago Mendes Rodrigues.

*Com informações do Iprev-DF

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Iprev-DF / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui