Rafael Prudente é reeleito presidente da CLDF

79

Apenas três deputados não votaram na chapa de Prudente. É a primeira vez que a Câmara Legislativa do DF registra uma reeleição.

O deputado Rafael Prudente foi reeleito, na manhã desta terça-feira (15/12/20), presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). É a primeira vez que a CLDF terá dois mandatos do mesmo parlamentar.

Com 21 votos favoráveis, dois contra e uma abstenção, Prudente derrotou o deputado Professor Reginaldo Veras (PDT) e foi reeleito para o biênio 2021/22. O deputado Robério Negreiros (PSD) presidiu a sessão.

As chapas que se candidataram ao cargo foram a União pelo Distrito Federal, com Rafael Prudente (MDB) candidato a presidente; e a chapa Bloco Sustentabilidade e Trabalho, encabeçada por Reginaldo Veras (PDT). Apenas Veras e Leandro Grass (Rede) votaram na segunda chapa.

Confira como votaram os deputados:

Agaciel Maia (PL) – Rafael Prudente

Arlete Sampaio (PT) – Rafael Prudente

Chico Vigilante (PT) – Rafael Prudente

Cláudio Abrantes (PDT) – Rafael Prudente

Daniel Donizet (PL) – Rafael Prudente

Delegado Fernando Fernandes (Pros) – Rafael Prudente

Delmasso (Republicanos) – Rafael Prudente

Eduardo Pedrosa (PTC) – Rafael Prudente

Fábio Felix (Psol) – abstenção

Hermeto (MDB) – Rafael Prudente

Iolando (PSC) – Rafael Prudente

Jaqueline Silva (PTB) – Rafael Prudente

João Cardoso (Avante) – Rafael Prudente

Jorge Vianna (Podemos) – Rafael Prudente

José Gomes (PSB) – Rafael Prudente

Júlia Lucy (Novo) – Rafael Prudente

Leandro Grass (Rede) – Reginaldo Veras

Martins Machado (Republicanos) – Rafael Prudente

Reginaldo Veras (PDT) – Reginaldo Veras

Rafael Prudente (MDB) – Rafael Prudente

Reginaldo Sardinha (Avante) – Rafael Prudente

Robério Negreiros (PSD) – Rafael Prudente

Roosevelt Vilela (PSB) – Rafael Prudente

Valdelino Barcelos (PP) – Rafael Prudente

Declarações

Após a reeleição, a deputada Arlete Sampaio (PT) justificou o voto em Prudente. Arlete entendeu que a reeleição já era certa, mas declarou que seguirá sendo oposição ao governo Ibaneis Rocha. O presidente eleito é do mesmo partido do governador.

Leandro Grass (Rede), que foi voto vencido, parabenizou Prudente pela reeleição e pelo primeiro mandato. Contudo, assim como Arlete, declarou que seguirá se opondo à gestão Ibaneis.

Fábio Felix, a única abstenção da eleição, declarou que não possui “nenhuma afinidade política e ideológica” com ambas as chapas e criticou a decisão da CLDF de novembro do ano passado, que permitiu que um presidente da Casa seja reeleito. Por fim, pediu que a Câmara demonstre independência e não se porte como um “puxadinho do Buriti”, denominação feita por críticos.

Candidato derrotado, o deputado Professor Reginaldo Veras declarou que, nos últimos anos, a CLDF tem falhado ao legislar e representar os interesses do povo. “A Casa, que deveria ser do povo, aceitou um papel secundário e se tornou subserviente ao governador.”

A deputada Júlia Lucy, que foi contra a possibilidade de reeleição, mas votou em Prudente, justificou-se declarando que “respeita as regras do jogo” e que o momento econômico exige “união e parceria”.

O deputado Robério Negreiros rebateu as críticas feitas por outros parlamentares sobre a suposta subordinação ao Executivo e citou derrotas que o GDF sofreu na Casa. “Não há perdedor e nem vencedor”, finalizou.

O deputado Hermeto afirmou que o presidente da CLDF conduziu o primeiro mandato com “desenvoltura” e “equilíbrio”, ressaltando os votos dos deputados do PT, que foram contrários a Prudente na eleição passada. Depois, citou Negreiros e ressaltou que não cabe à Casa a alcunha de “puxadinho do Buriti”.

Remotamente, Chico Vigilante, que também foi contra a possibilidade de reeleição, sinalizou que votou em Prudente após conversa com o deputado. Vigilante declarou também que acredita que a Mesa Diretora não deve fazer oposição ao governo. “Quem faz oposição aos malfeitos do governo são os deputados. E aí cada um tem que ter dignidade de se vender”, declarou.

Por Willian Matos do Jornal Brasília com informações de Sueli Moitinho do Painel da Cidadania

Foto Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui