Mais 60 mil vagas para vacinar pessoas com comorbidades

Nesta quarta (05/05/21), o agendamento será aberto a partir do meio-dia. Etapa contempla faixa etária de 18 a 59 anos com doença grave diagnosticada

1739

A partir do meio-dia desta quarta-feira (05/05), a Secretaria de Saúde vai abrir 60 mil vagas para agendamento da vacinação contra a covid-19 para pessoas com comorbidades. Poderão agendar aqueles que se cadastraram no site vacina.saude.df.gov.br. Essa etapa contempla pessoas com 18 a 59 anos e que tenham as comorbidades a seguir:

Agendamento para profissionais de saúde e pessoas do primeiro grupo de comorbidades continua aberto

Continua também o agendamento para preenchimento das 10 mil vagas, que foram abertas na última segunda-feira (3), para pessoas com síndrome de Down (18 a 59 anos), gestantes e puérperas com comorbidades (18 a 59 anos), pessoas com deficiência inscritas no BPC (18 a 59 anos), em terapia renal substitutiva (18 a 59 anos) e imunossuprimidos (18 a 59 anos). Até o momento, foram preenchidas 8.621 vagas para esse grupo.

Igualmente segue aberto o agendamento para profissionais de saúde com registro nos conselhos de classe. Nesta etapa, poderão agendar trabalhadores das categorias de serviço social; agentes funerários; biomedicina; biologia; técnicos de laboratório; medicina; enfermagem; técnicos de radiologia; internos de medicina e enfermagem; e da Secretaria DF Legal. Das 10 mil vagas abertas até o início da noite desta terça-feira (4), haviam sido preenchidas 3.268 vagas.

Balanço

Até as 18h, 102.918 pessoas com comorbidades já haviam se cadastrado no site vacina.saude.df.gov.br. A maior parte dos cadastrados foi de pessoas com hipertensão arterial (30.851 pessoas) e com diabetes mellitus (22.338). O cadastramento continua aberto para esse público. Das 8.621 vagas já preenchidas para o primeiro grupo de comorbidades, a maior parte dos agendamentos foi para pessoas com imunossupressão (4.887) e pessoas com deficiência inscritas no BPC (1.532).

Fluxo

O processo para a vacinação é realizado em duas etapas. Primeiro o cidadão se cadastra. Depois, agenda. É preciso ficar atento aos calendários

*Com informações da Secretaria de Saúde

Por Agência Brasília com informações de Rócio Barreto do Portal Por Brasília

Imagem: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui