SP é o primeiro e DF o segundo a ter 70% da população imunizada com a primeira dose

O DF está em segundo lugar no ranking de vacinação com 63,67% dos brasilienses imunizados com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19

2102

O estado de São Paulo é o primeiro estado brasileiro a vacinar mais de 70% da sua população com a primeira dose da vacina contra a covid-19. Segundo a Secretaria da Saúde de São Paulo, 70,68% dos paulistas já receberam a pré-imunização.

Já na capital, a Prefeitura de São Paulo anunciou na última terça-feira (17), que 100% da população adulta da maior cidade do país recebeu pelo menos uma dose da vacina.

Agora, o estado foca em pré-imunizar os adolescentes. Na cidade de São Paulo, jovens de 16 a 17 anos com comorbidades, além de grávidas e puérperas dentro dessa faixa etária podem ir aos centros de vacinação.

Segundo o governador João Doria, no dia 30 de agosto, os adolescentes de 15,16 e 17 anos sem comorbidades já poderão preencher os seus cartões de vacinação.

O DF vem logo atrás

O Distrito Federal vem logo atrás na corrida que o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF) referiu como “disputa do bem”, em uma coletiva de imprensa realizada na última quinta-feira (19).

O DF está em segundo lugar no ranking de vacinação com 63,67% dos brasilienses imunizados com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19.

O número é 7,01% menor que a porcentagem dos paulistas. Neste sábado (21), 0,69% dos habitantes do DF foram aos postos de vacinas da capital para se vacinar pela primeira vez. Já no estado de São Paulo, 1,03% dos paulistas foram pré-imunizados em 24 horas.

Na terça-feira (24), os adolescentes de 17 anos sem comorbidades poderão ir até os postos de saúdes do Distrito Federal para receber a primeira aplicação do imunizante da Pfizer-BioTech. Não é necessário um agendamento preliminar.

Confira o ranking completo:

Ranking estadual de vacinação por % da população imunizada com pelo menos uma dose da vacina (21 de agosto)

Todo o Brasil (57,79%)

1- São Paulo (70,68%)

2- Distrito Federal (63,67%)

3- Mato Grosso do Sul (62,64%)

Por Redação do Jornal de Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui