Brasília completa quatro anos como Cidade Criativa do Design

Título dado pela Unesco leva em conta qualidade dos serviços e equipamentos em áreas como design, artesanato, gastronomia, cinema, literatura e música

21368
Brasília 16/01/2017 - Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida mais conhecida como Catedral de Brasília. ROBERTO CASTRO/Mtur

Neste sábado (31) completam-se quatro anos desde que Brasília recebeu da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) o título de Cidade Criativa do Design, passando a integrar a Rede de Cidades Criativas, composta por 116 cidades de 54 países.

“Estamos dando a Brasília um novo significado por um novo olhar sobre o turismo, que propicia a atração de divisas para a nossa capital”Vanessa Mendonça, secretária de Turismo

Criada em 2004, essa rede reúne cidades que atuam em cooperação para aprimorar as estratégias de desenvolvimento por meio de sete pilares da indústria criativa e cultural: design e artesanato, artes folclóricas, gastronomia, cinema, literatura, artes midiáticas e música.

De acordo com secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, quando se fala em Brasília criativa fala-se de uma cidade jovem que nunca envelhece, “que tem uma capacidade de sempre despertar curiosidade, que atrai as mentes mais destemidas e é polo de criatividade no mundo.”

O título, ela acredita, reflete a economia criativa de quase 4% do PIB e do mercado de trabalho do DF antes da pandemia. “Precisamos estar sempre debatendo o setor e colocar essa vocação na vitrine da nossa cidade. Estamos dando a Brasília um novo significado por um novo olhar sobre o turismo, que propicia a atração de divisas para a nossa capital”, diz a secretária.

58lugares de design são listados no Mapa Brasília Cidade Criativa

Mapa e rotas

Para apresentar ao visitante um roteiro de como compreender a classificação de criatividade e design da capital federal, a Secretaria de Turismo (Setur-DF) mantém em seu site na internet o Mapa Brasília Cidade Criativa do Design.

O mapa conecta o estilo de vida brasiliense aos lugares onde o design se destaca na cidade, como cafés, galerias, lojas, restaurantes, bares e cervejarias. De norte a sul, passando pelo icônico centro da capital, 58 lugares de design em Brasília foram selecionados. A publicação é uma parceria entre a Setur-DF e o Sebrae-DF.

Na parte Sul os bairros tradicionais – Asa Sul e o Lago Sul. No Centro, obras-primas da arquitetura modernista, de monumentos clássicos aos hotéis design e lugares próximos. Já a parte Norte abriga a Asa Norte, o bairro jovem e boêmio.

Galerias, cafés e a Universidade de Brasília (UnB) são alguns dos locais indicados no mapa. Para a seleção, foram usados critérios curatoriais como espaço onde o design é presente; ambiente atraente, inovador, original; representatividade, funcionamento regular, presença digital e avaliação nas mídias sociais.

Além desse roteiro, a Setur-DF criou a Coleção Rotas Brasília, que proporciona ao visitante, com apenas um clique no celular, acessar os principais roteiros reveladores de uma cidade jovem, pulsante, diferente de tudo que já se viu. Na coleção, o visitante pode escolher por onde começar seu tour por Brasília: Cerrado, Náutica, Arquitetônica, Cultural, Cívica, Fora dos Eixos, Diversão (infantil) e Rock.

*Com informações da Secretaria de Turismo do DF

Por Agência Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui