Grupo usava TJDFT para emitir sentenças falsas e aplicar golpes em prefeituras

Polícias civis do DF e de São Paulo realizam operação contra o bando nesta sexta (12). Seis pessoas foram presas

2485

As polícias civis do Distrito Federal (PCDF) e de São Paulo (PCSP) realizam, nesta sexta-feira (12), uma operação contra um grupo suspeito de emitir sentenças falsas em nome do Tribunal de Justiça do DF (TJDFT) para aplicar golpes contra prefeituras de pequenos municípios brasileiros. Agentes cumprem seis mandados de prisão e seis de busca e apreensão em Campinas-SP.

De acordo com as investigações, os integrantes do grupo se passavam por juízes e funcionários do TJDFT e emitiam atos judiciais e sentenças falsificadas para cobrar dívidas inexistentes de prefeituras. O bando faturou R$ 3 milhões aplicando este golpe em 33 prefeituras dos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná e Piauí.

Os suspeitos entravam em contato com os representantes das prefeituras usando linhas telefônicas falsas do prefixo 61 para ludibriar as vítimas. Eles aproveitaram o período pós-eleições nas prefeituras para dizer que havia dívidas supostamente ligadas à gestão anterior.

A operação contou com 12 policiais civis do DF e 18 de São Paulo.

Por Redação do Jornal de Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui