Previsão do tempo no feriado é de pancadas de chuva e trovoadas

A temperatura máxima deve chegar a 29°C no período da tarde desta segunda (14/11). No dia da celebração da Proclamação da República, os termômetros devem atingir 27°C

108

Sem dar trégua, os brasilienses terão mais dias chuvosos nesta semana. De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão do tempo indica bastante nebulosidade e pancadas de chuva a qualquer hora do dia no Distrito Federal. Na manhã desta segunda-feira (14/11), o órgão registrou alguns pontos chuvosos.

Mesmo assim, o dia promete ser quente. A temperatura máxima deve chegar a 29°C no período da tarde nesta segunda. A mínima registrada foi de 19°C. Em relação a umidade relativa do ar, os valores vão variar entre 50% e 85% na capital federal.

O meteorologista do Inmet Kleber Souza afirma que, a partir da tarde, a condição de pancadas de chuva e trovoadas é mais propícia. “Para terça-feira (15/11), a gente espera chover em qualquer período. O dia terá muitas nuvens, então reforça a chances de chover logo pela manhã”, comenta.

Para o feriado da Proclamação da República, celebrado no dia 15 de novembro, a previsão é que a temperatura fique entre 18°C e 27°C. “Por conta da maior nebulosidade, a máxima deve cair um pouco”, destaca Kleber.

Alerta amarelo

O Inmet emitiu, na manhã desta segunda (14/11), um alerta amarelo para o risco de chuvas intensas no DF, podendo atingir um nível entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, além de ventos intensos entre 40 e 60 km/h. O aviso, válido até às 10h desta terça (15/11), indica baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (DETRAN-DF) alertou que os motoristas devem se prevenir contra riscos de acidentes de trânsito neste período de chuvas, uma vez que o asfalto fica molhado e com baixa visibilidade. Portanto, o excesso de velocidade podem aumentar os riscos de acidente. Eles destacam que o início das chuvas é quando aumentam os perigos, pois após um longo período de estiagem, há um grande acúmulo de resíduos de óleo, poeira e combustível que em contato com a água formam uma camada deslizante, tornando o asfalto uma superfície escorregadia. Além disso, ocorre também a aquaplanagem, que é um acúmulo de água que pode causar a perda do controle. Por isso, reduzir a velocidade e aumentar a distância entre um veículo e outro, além de conferir o estado dos pneus.

O órgão relata que, outra medida preventiva, é abrir um pouco os vidros ou utilizar o ar-condicionado para evitar o embaçamento dos para-brisas. Checar o funcionamento do limpador de para-brisa e as condições da borracha também é essencial, pois as palhetas deste equipamento costumam ressecar durante a estiagem. Daí, quando precisam ser acionadas, podem não tirar corretamente a água, o que prejudica muito a visibilidade.

Cuidados na chuva

Dentro de casa

Não utilize equipamentos elétricos;

Evite tomar banho durante a tempestade;

Não utilize o telefone caso esteja conectado à rede elétrica;

Evite a proximidade e o contato com materiais condutores de energia;

Mantenha-se sempre calçado;

Antes da tempestade desligue todos os aparelhos eletroeletrônicos das tomadas.

Na rua

Em caso de tempestade com raios, procure abrigo;

Não se exponha à chuva;

Não se abrigue embaixo de árvores;

Evite a rua e andar, principalmente, embaixo da rede elétrica;

O interior do carro é um local isolado e seguro.

Fonte: Defesa Civil

Por Correio Braziliense com informações de Sueli Moitinho

Foto: Minervino Júnior/CB / Reprodução Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui