Jornalista da Globo denuncia racismo em rede social: “Que seja punido”

Apresentador Fred Ferreira, da Globo, foi chamado de "preto desgraçado" por um internauta. Caso foi registrado em boletim de ocorrência e segue para investigação

95

O jornalista brasiliense Fred Ferreira, da TV Globo, revelou, na noite desta segunda-feira (14/11), que foi vítima de racismo no perfil dele no Instagram. O caso ocorreu na última quinta-feira (10/11), quando um usuário deixou comentários ofensivos nas postagens dele, como xingá-lo de “preto desgraçado”. Fred registrou um boletim de ocorrência (BO) na Polícia Civil do Distrito Federal na noite de segunda e aguarda os resultados das investigações.

Pelas redes sociais, o apresentador do telejornal diário da Globo Brasília afirma ter passado “o fim de semana inteiro pensando no que fazer”, porque a agressão o deixou sem reação. “Nem deveria pensar porque a questão era óbvia: DENUNCIAR! A gente fica meio incrédulo, em choque”, desabafou o jornalista.

O caso foi registrado na Delegacia de Repressão aos Crimes Raciais da Polícia Civil, onde um inquérito sobre calúnia e injúria racial foi aberto. “Fui muito bem atendido na delegacia. Na verdade, acolhido. Acolhimento é o que todos nós precisamos neste primeiro momento”, afirma Fred ao agradecer as delegadas que o atenderam.

O apresentador também revelou que o mesmo usuário “manda outros tipos de mensagens constrangedoras para colegas numa espécie de importunação” e afirma que espera que “o criminoso seja localizado e punido”. “Internet não é terra sem lei. Racismo é crime. Se outras mensagens vierem, outros processos virão”, garante Fred.

Por Correio Braziliense com informações de Sueli Barreto

Foto: Instagram @fredferreirabsb/Reprodução / Reprodução Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui