Festival leva a cultura hip hop ao Paranoá

Realizado com recursos do FAC, o Valor Periférico está com inscrições abertas para oficinas e concurso de rap

129

O hip hop e o rap vão tomar conta do Paranoá a partir deste mês. Shows de rappers locais, concursos virtuais com prêmios para 11 categorias e workshops abertos à comunidade fazem parte do Festival Valor Periférico. A iniciativa é promovida com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, no valor de R$ 120 mil.

O evento que vai eleger os melhores cantores de rap terá sua fase final de 17 a 22 de abril. Mas, quem quiser participar das oficinas, as inscrições já estão abertas no site do festival. “São oficinas para DJs, do ritmo break, workshop de videoclipes e também de audiovisual”, explica um dos idealizadores, Jefferson Leão. “Inclusive as lições de audiovisual serão dadas pelo cineasta Januário Jr., que foi premiado aqui em Brasília com o curta-metragem ‘UrSortudo’”, revela.

A seletiva do rap aceita inscrições até o dia 19. Os participantes deverão residir no DF ou Entorno e serão avaliados por jurados. Os dez selecionados farão a mostra competitiva no dia 22 de abril e os três primeiros receberão prêmios de R$ 1.500, R$ 1.000 e R$ 500, respectivamente. Esta finalíssima será na Praça Central do Paranoá, coração da cidade.

“O hip hop se tornou uma cultura predominante aqui no Paranoá e no Itapoã. Alguns grupos vêm se destacando, tanto no rap quanto nas artes cênicas”, conta Jefferson. “E não temos sequer um centro cultural de grande porte como no Plano Piloto, por exemplo. Dessa forma, queremos multiplicar a arte, reconhecer talentos nessas cidades e que eles possam consumir cultura onde moram”, ressalta.

E para os que não vão entrar na disputa presencial, uma boa pedida é a ‘batalha’ virtual. Os artistas podem inscrever seus trabalhos no site do Valor Periférico e passar pelo crivo da galera: o voto popular ajudará a decidir os melhores, que também levarão troféu e prêmio.

Um dos critérios para concorrer é apresentar música inédita. As categorias em disputa, todas no universo do hip hop, são: prêmios Break, Grafite, DJ, Videoclipe, LGBTQIA+, Hip Hop Mulher, Poesia em cena, Hip Hop social, Mídia e Comunicação, Produtor Musical e Mixtape, Demo ou Single.

Serviço

Festival Valor Periférico

→ Inscrições abertas para workshops e para o concurso de rap, neste link.
→ Participação gratuita.

Por Agência Brasília

Foto: Vlad Luz / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui