Após ataques, Força Nacional chega ao Rio Grande do Norte

A onda de violência começou na madrugada de terça-feira (14/03), com ônibus incendiados e prédios públicos depredados. Os ataques continuaram ao longo do dia

75

Após ataques criminosos em ao menos 14 cidades, a primeira parte da equipe da Força Nacional de Segurança chegou ao Rio Grande do Norte no início da madrugada desta quarta-feira (15/03), segundo informações do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino.

“Destinamos 220 policiais para auxiliar as forças estaduais. E podemos ampliar até o quantitativo que se configurar necessário”, afirmou Dino nas redes sociais.

A onda de violência começou na madrugada de terça-feira (14), com ônibus incendiados e prédios públicos depredados. Os ataques continuaram ao longo do dia.

De acordo com o governo do estado, a suspeita é que os ataques tenham sido coordenados pelo crime organizado como resposta a ações policiais recentes que culminaram na prisão e morte de criminosos e na apreensão de armas e drogas.

A governadora Fátima Bezerra (PT) cancelou a agenda de compromissos em Brasília e desembarcou no início da madrugada em Natal com a equipe da Força Nacional. O reforço na segurança foi pedido por ela ao Ministério da Justiça.

O primeiro avião da FAB (Força Aérea Nacional) pousou com 30 policiais militares a bordo. Um segundo avião, com mais 70 agentes, chegou logo depois.

Uma terceira parte do efetivo, com cerca de cem agentes, chegará a Natal de manhã em 30 viaturas.

Outros 20 policiais serão deslocados para reforçar a segurança na Penitenciária Federal de Mossoró.
A Secretaria da Administração Penitenciária determinou o reforço na segurança de todas unidades prisionais e suspendeu temporariamente as visitas de familiares e o atendimento de advogados.

“Continuaremos incansáveis no enfrentamento à violência, combatendo esses atos criminosos para restabelecer a ordem, a segurança e a paz para o povo do Rio Grande do Norte”, disse a governadora.
Segundo ela, os responsáveis pelos ataques estão sendo localizados e presos.

Até o início da madrugada, 25 pessoas suspeitas de envolvimento nas ações criminosas foram presas. Um adolescente foi apreendido. Um suspeito foi morto em confronto com policiais, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do estado.

Foram apreendidas armas, drogas, artefatos explosivos, veículos, dinheiro e munições.

Os ataques foram registrados em Natal, Acari, Boa Saúde, Caicó, Campo Redondo, Cerro Corá, Jaçanã, Lajes Pintadas, Montanhas, Mossoró, Parnamirim, Santo Antônio, Tibau do Sul e São Miguel do Gostoso.

Empresas do transporte coletivo tiraram seus ônibus de circulação durante a tarde. Nos órgãos públicos estaduais o expediente será mantido normalmente nesta quarta.

Cristina Camargo, São Paulo, SP

Por FolhaPress via Jornal de Brasília

Foto: Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui