PCDF investiga origem de dinheiro de suspeito de armazenar material pornográfico

Além do dinheiro uma vasta quantidade de material pornográfico infantil foi encontrada na residência do comerciante de 65 anos

79

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga a origem dos R$ 32.500 (trinta e dois mil e quinhentos reais) em espécie, encontrados na manhã desta quinta-feira (23) na residência de um comerciante de 65 anos, suspeito de armazenar material pornográfico infantil. Além da quantia em dinheiro, a polícia encontrou na residência dos suspeito localizada no Lago Norte, um vasto conteúdo associado à pedofilia em equipamentos informáticos.

De acordo com o Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), a grande quantidade de material pedopornográfico encontrado com o infrator será periciada pelo Instituto de Criminalística (IC), para o aprofundamento e continuidade das investigações, bem como a origem dos R$32.500 reais encontrados no interior de sacolas pretas dentro de um guarda-roupas.

O mandado de prisão foi cumprido durante a operação “Danger Zone” (“Zona de Perigo”), deflagrada pela DRCC com apoio técnico de Organismo Internacional estadunidense (Child Rescue Coalition-CRC). A operação que objetivou reprimir os crimes de aquisição, compartilhamento e armazenamento de material pornográfico envolvendo criança ou adolescente na internet, monitorou suspeitos residentes no Distrito Federal, e resultou na prisão em flagrante do homem de 60 anos no Lago Norte.

Pela prática, em tese, do crime de armazenamento e disponibilização de pornografia infanto-juvenil, o idoso poderá receber uma pena de até 10 anos de prisão.

Por Tereza Neuberger Jornal de Brasília

Foto: Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui