GDF faz blitz educativa de prevenção aos incêndios florestais no Park Way

Os motoristas foram parados pelo DER na pista em frente à feirinha da Quadra 14 e receberam informações e material sobre os cuidados que devem ser tomados durante o período de estiagem

83

Com a chegada do período seco no DF, foi realizada nesta sexta-feira (31) a primeira blitz educativa de 2023, coordenada pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema), que contou com a participação de 30 estudantes do Centro de Ensino Vargem Bonita e representantes de órgãos do governo que integram o Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF). Os motoristas foram parados pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) na pista em frente à feirinha da Quadra 14, no Park Way, onde receberam informações e material sobre os cuidados que devem ser tomados durante o período de estiagem.

Presente durante a ação, o secretário do Meio Ambiente, Gutemberg Gomes, explicou que a escolha da região administrativa para o início das blitze se deu pelo grande número de focos de incêndios registrados nessa RA nos últimos anos. O bairro conta com grandes áreas verdes entre as moradias e áreas de proteção ambiental. “A Sema investe no trabalho de prevenção, alertando a população para os perigos da queima de lixo e resto de poda, que são as principais causas de incêndio florestal no DF. A conscientização da população é fundamental para evitar risco maior para o meio ambiente e a saúde”, afirmou.

O administrador do Park Way, Deusdete Benevides, ressaltou a importância da mobilização e adiantou que para evitar a queima de podas foi adquirido um triturador que está sendo disponibilizado para os moradores que podem depois reaproveitar o material para a cobertura do solo.

O professor Lauro Pacheco, de Vargem Bonita, registrou o entusiasmo das crianças da 5ª série que entregaram folhetos aos motoristas e passageiros e interagiram com brigadistas, policiais militares, e outros participantes da blitz. “Os estudantes estão tendo a oportunidade de colocar em prática o que a escola ensina em teoria, se tornando multiplicadores nas suas famílias e comunidades”, afirmou o professor.

A coordenadora do PPCIF na Sema, Carolina Schubart, adiantou que a mobilização no Park Way foi o start das ações de prevenção que vão ser desenvolvidas ao longo deste ano. “Serão realizadas até julho mais quatro blitze em regiões de grande relevância ambiental para o Distrito Federal. Em abril, na Floresta Nacional de Brasília, em Brazlândia; em maio, no Parque Nacional de Brasília; em julho, no Jardim Zoológico de Brasília; e em julho, na Estação de Águas Emendadas”, informou.

Com seis mil residências e uma população de 25 mil moradores, o Park Way abriga vários córregos e nascentes e inúmeras reservas naturais, como e a APA Gama Cabeça de Veado, que protege importantes cursos hídricos.

Participaram da blitz brigadistas do Jardim Botânico de Brasília, do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), do IBGE, da Marinha, da Aeronáutica e do DER, além de representantes da administração do Park Way.

*Com informações da Secretaria de Meio Ambiente

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Sema / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui