Festival do Japão em Brasília deve reunir 40 mil pessoas este ano

Evento no Pavilhão do Parque da Cidade acontece entre os dias 5, 6 e 7 de maio, com programações para todos os públicos

66

A 11ª edição do Festival do Japão em Brasília acontecerá daqui uma semana. Nos dias 5, 6 e 7 de maio, o evento realizado no Pavilhão do Parque da cidade deve reunir uma estimativa de 40 a 50 mil pessoas durante os três dias de programações e terá atrações para todos os públicos, desde os mais novos até os mais longevos de idade.

Este foi o mesmo quantitativo de público recebido em 2019, antes da pandemia da covid-19. Após o período de restrições, o Festival voltou ano passado e constatou uma pequena redução de visitantes, sendo cerca de 30 mil pessoas. Portanto, neste ano, a expectativa é que o fluxo de pessoas volte ao normal. Ao Jornal de Brasília, a organização fez a promessa de que haverá novas surpresas para o público nesta edição.

Atrações de shows musicais, apresentações culturais, exposições, workshops, entretenimento e Cultura Pop, bazar e gastronomia japonesa preencheram ainda mais a programação dos três dias de festival. “As pessoas poderão ficar lá durante o dia inteiro que não vão ver o palco parado. Atração não vai faltar não”, afirmou o Kunyoshi Yasunaga, coordenador geral do evento realizado em Brasília.

“A nossa expectativa é melhorar a cada ano a qualidade das exposições, gastronomia, cultura, apresentações e shows. Neste ano a apresentação de palco está bastante cheia. Estão vindo algumas atrações que nós nunca tivemos, como é o caso do Kagura, uma peça bem tradicional”, adiantou o coordenador. O grupo vem de São Paulo apenas para se apresentar em um dos palcos do Festival.

Esta aglomeração de público de diversos pontos do país é uma das características mais marcantes do evento. As atrações que virão ao Pavilhão também incluem apresentações de grupos de artistas de Mogi das Cruzes (interior de São Paulo), Goiânia (Goiás), Londrina (Paraná), Curitiba (Paraná) e até mesmo do Rio Grande do Sul, conforme contou Yasunaga.

De acordo com ele, serão dois principais atrativos para o público, para os mais variados públicos: uma área bastante tradicional, com elementos culturais japoneses clássicos, e uma outra área Geek, voltada principalmente para o público jovem e os que apreciam a cultura Pop asiática. É nesta que acontecem as reuniões de cosplayers (pessoas que se fantasiam de personagens fictícios de animações em geral) e fãs de animes (animações japonesas).

A realização do evento é um oferecimento da Federação das Associações Nipo-brasileiras do Centro-Oeste (Feanbra) em correalização com a Embaixada do Japão no Brasil.

Concursos

Também no Festival será realizado uma das seletivas para o World Cosplay Summit, concurso mundial de cosplay que chega pela primeira vez à capital. Os vencedores da competição realizada no Parque da Cidade ganharão viagem e hospedagem para ir ao Japão competir no palco da edição mundial. As inscrições para a seletiva regional ainda estão abertas. A final acontecerá no palco principal, o que deverá gerar uma grande movimentação de público tanto para o Festival quanto para a capital em si.

Outra atração inédita a ser recebida no 11º Festival do Japão é a seletiva no Distrito Federal para o concurso Miss Nikkey, que busca celebrar a beleza e a cultura das descendentes japonesas. Quem deve apresentar a edição realizada no Pavilhão é Kendi Yamai. Serão R$ 10 mil divididos entre as três primeiras colocadas no concurso. A vencedora receberá R$ 5 mil, e as que ficarem na segunda e terceira colocações receberão, respectivamente, os prêmios de R$ 3 mil e R$ 2 mil.

A vencedora ganhará uma viagem com hospedagem para São Paulo para concorrer ao grande prêmio de Miss Nikkey. As candidatas precisam ser descendentes de japoneses e ter entre 15 e 30 anos.

SERVIÇO

O 11º Festival do Japão em Brasília acontece dos dias 5 a 7 de maio;

Os portões abrem às 10h e fecham às 22h na sexta e no sábado;

No domingo, o Festival abrirá às 10h e será encerrado às 20h

Entusiastas de cosplays e apreciadores da cultura tradicional japonesa terão espaços alinhados com os mais variados gostos

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui