PF desarticula grupo voltado à migração ilegal

Associação era especializada em levar brasileiros para os EUA

68
Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira, 5/6, a Operação Policial Terminus – México no combate ao crime de migração ilegal.

Estão sendo cumpridos, na região leste de Minas Gerais (Engenheiro Caldas/MG e Piedade de Caratinga/MG), em Belo Horizonte/MG e Guarulhos/SP, sete mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária, todos expedidos pelo Juízo da 2ª Vara da Justiça Federal de Governador Valadares/MG, que também determinou o bloqueio de valores aproximados de R$ 26 milhões.

Os investigados são apontados como os responsáveis por promover a emigração ilegal de brasileiros, com a finalidade de obter vantagem econômica, para os Estados Unidos da América, pelo esquema conhecido como “cai-cai”, e de ameaçar familiares que não pagavam as quantias combinadas para promover a viagem ao exterior.

Apurou-se que mais de 250 brasileiros (incluindo aproximadamente 100 menores de idade) migraram ilegalmente com o auxílio da associação criminosa atravessando a fronteira mexicana, expostos aos riscos do deserto e das ações dos criminosos que os conduziram até o solo estadunidense.

Eles responderão pelos crimes de promoção de migração ilegal, inclusive de criança ou adolescente, e associação criminosa, podendo, se condenados, cumprir até 14 anos de reclusão.

Com informações comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

Por Redação do Jornal Brasília

Foto: Agência Brasil / Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui