GDF lança novo bairro no Jardim Botânico

Inicialmente, a Terracap irá comercializar 22 lotes do Residencial dos Jacarandás, o primeiro lançamento do empreendimento, composto por 15 quadras residenciais

60

Nasce o novo empreendimento da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), o Aldeias do Cerrado. Localizado no Jardim Botânico, a poucos minutos da Ponte JK e do Lago Sul, o complexo urbanístico privilegia o conceito de viver bem, unindo qualidade de vida e harmonia com a natureza. Inicialmente, a Terracap irá comercializar, por meio de licitação pública, 22 lotes do Residencial dos Jacarandás, o primeiro lançamento do Aldeias do Cerrado. Interessados podem recolher a caução até 30 de agosto. A licitação será no dia posterior (31). Todas as informações podem ser obtidas neste link.

Assinado por Paulo Zimbres – referência do urbanismo brasiliense e também autor de alguns dos maiores projetos da Terracap, como Águas Claras e Noroeste – o projeto urbanístico e arquitetônico do Aldeias do Cerrado privilegia o conceito de baixa densidade populacional, mais áreas verdes, maior espaço livre, favorecendo a ventilação e a iluminação natural em toda sua extensão.

Composto por 355 lotes, o Residencial dos Jacarandás foi escolhido para o lançamento do Complexo Aldeias do Cerrado. Localizado na entrada à direita do empreendimento, os novos moradores estarão próximos a uma área verde e ao Ribeirão Cachoeirinha, em um ambiente urbanizado com área de lazer moderna e ampla. O residencial foi projetado para ter casas sem muros frontais.

“Ao lançar o Aldeias do Cerrado, atendemos demandas habitacionais e de geração de emprego e renda, por meio da criação de um novo bairro”Izidio Santos, presidente da Terracap

A área de lazer, localizada junto à entrada da quadra, vai contar com campo de futebol, quadra de tênis, quadra poliesportiva, espaço gourmet, salão de festas, espaço fitness e quiosque com churrasqueira, bem como estacionamento para visitantes.

A forma de comercialização é por meio de participação na licitação. O edital 9/2023 traz 22 lotes do Residencial dos Jacarandás. São terrenos de 420 m² a 631 m². As condições de pagamento são: 5% de caução, que vale como entrada, e o restante em até 240 meses. O valor mínimo de lance é de R$ 301 mil. Saindo vencedor do certame, em dois anos, o licitante poderá iniciar a construção da casa, com infraestrutura já implementada no local.

Todas as obras de infraestrutura do complexo, tais como rede de drenagem, pavimentação, calçadas, rede de distribuição de energia elétrica, iluminação LED, muros nos limites do condomínio, além daquelas correspondentes às áreas de uso comum do Residencial dos Jacarandás, serão entregues pela Terracap. Além disso, a estatal garantirá a entrega do condomínio dotado de sistema de câmeras de segurança e central de monitoramento.

“Ao lançar o Aldeias do Cerrado, atendemos demandas habitacionais e de geração de emprego e renda, por meio da criação de um novo bairro”, afirma o presidente da Terracap, Izidio Santos. Mais informações podem ser obtidas no site do empreendimento, onde é possível simular a prestação do terreno, assim como agendar visitas ao Residencial dos Jacarandás.

O conceito do empreendimento se dá por meio de uma ocupação do território que respeita as questões de sustentabilidade. O Aldeias do Cerrado é composto por 15 quadras residenciais, com 4.390 unidades destinadas à habitação unifamiliar.

Além disso, o local abrigará quatro quadras comerciais, bem como cinco comércios locais – totalizando 46 imóveis com destinação comercial, bem como oito lotes destinados a equipamentos públicos comunitários, capazes de abrigar equipamentos relacionados à educação, saúde, segurança, lazer e cultura.

Como chegar até o Aldeias

Localizado na Região Administrativa do Jardim Botânico, o acesso ao empreendimento se dá pela BR-251 ou pela DF-140. Pela BR-251 o empreendimento situa-se a 5 km do balão de entrada da DF-140, no Setor Habitacional Tororó. Todo o sistema viário de acesso, a partir da BR-251, já está pronto e conta com pistas duplicadas e sinalizadas, com canteiro central e paisagismo.

Pela DF-140, será construída uma pista de acesso, com 3,5 km de extensão no traçado da atual Estrada Vicinal EVC-467.

Outra importante obra de mobilidade urbana nas redondezas é a construção do Viaduto do Jardim Botânico. A estrutura está sendo erguida na altura do balão da antiga Esaf, no km 27,2 da rodovia DF-001, justamente no trecho que interliga o Plano Piloto ao Jardim Botânico. A obra é um investimento da Terracap para a melhoria da qualidade de vida dos moradores da região.

*Com informações da Terracap

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Terracap / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui