DF tem maior número de pessoas que usam internet todos os dias, diz IBGE

Segundo pesquisa, 2,6 milhões de habitantes de Brasília com 10 anos ou mais utilizam internet diariamente. Entretanto, capital tem menor percentual de acesso gratuito à internet do Centro-Oeste

35

O Distrito Federal se destaca por ter o maior percentual de pessoas que usam a internet no país em 2022. Do total de 2,7 milhões de habitantes com 10 anos ou mais, 96% — que equivale a 2,6 milhões — usam a internet diariamente, é o que aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta-feira (9).

Com 91,4%, Goiás aparece em segundo lugar no ranking. No fim da lista, com o menor número de usuários, está o estado do Acre, com 77,8%.

Marcos Urupá, pesquisador do laboratório de políticas de comunicação da Universidade de Brasília (UnB), afirma que a maior renda per capita e o tamanho do “quadradinho” influenciam nas decisões das operadoras de internet.

“A infraestrutura do quadradinho [DF] condiciona esse dado. É pequeno se comparado com os outros estados e as operadoras procuram isso para investir. Um exemplo é o 5G, que foi uma tecnologia implementada primeiro aqui “, diz Marcos Urupá .

A pesquisa mostra um aumento no percentual de pessoas no Distrito Federal que usam a internet nos últimos anos:

2016: 86,1%

2019: 92,7%

2022: 96,6%

O grupo com mais pessoas que acessaram à internet foi o de 30 a 39 anos (20,7%), depois de 40 a 49 anos (19%). Com menor percentual, ficou a faixa etária entre 10 a 13 anos (6,3%) (veja mais na tabela abaixo).

Falta internet gratuita

Apesar de 96% das pessoas com mais de 10 anos usarem a internet diariamente no DF, os números de internet gratuita na capital é o menor entre os estados do Centro-Oeste.

De acordo com a PNADC, apenas 4,9% afirmaram ter acessado o serviço gratuitamente em escolas, universidades ou bibliotecas públicas. No Mato Grosso do Sul, o percentual foi de 12,3% que utilizaram a internet gratuita nesses locais.

Marcos Urupá diz que esse dado é “preocupante” para o Distrito Federal e indica uma ausência de políticas públicas.

“É um dado muito preocupante. Ao dificultar o acesso nas escolas e nas bibliotecas, as pessoas passam a ter menos informações e isso dificulta a aprendizagem “, conta o pesquisador.

A pesquisa apontou que, no DF, 92 mil pessoas não utilizaram a internet nos últimos 3 meses em que o estudo foi feito. Os dois motivos mais apontados foram: não saber usar a internet e a falta de necessidade.

Aparelhos mais usados para navegar na internet no DF

📱Telefone móvel

📺Televisão

💻 Microcomputador

*Estagiário sob supervisão de Maria Helena Martinho

Por Caio Alves do Correio Braziliense

Foto: PNAD Contínua Anual – 4º trimestre / Reprodução G1 DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui