Descarte inadequado de lixo é a maior causa de alagamentos

Durante período chuvoso, população deve ter conscientização para evitar que resíduos acabem nas redes de drenagem e em cursos d’água

30

Com o aumento das chuvas nos últimos meses, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) alerta a população para os impactos negativos do descarte inadequado de resíduos nas redes de drenagem do Distrito Federal. Além de principal causa de alagamentos e enxurradas, a prática também acarreta riscos ambientais e propicia a transmissão de doenças, como dengue, zika vírus, febre chikungunya e leptospirose.

Pode até parecer inofensivo, mas um simples papel de bala arremessado pela janela do carro tem potencial para ocasionar grandes transtornos. “Muitas vezes, o que vai parar dentro dos bueiros são os pequenos volumes. Isso porque, na hora da chuva, esse mesmo pedacinho de papel será carreado até a rede de drenagem; e, quando não entope a mesma, é conduzido até um corpo hídrico, poluindo-o”, explica Andrea Almeida, chefe de unidade de medição e monitoramento do SLU.

A servidora afirma que não é preciso um grande esforço para ajudar a preservar os corpos hídricos e mitigar os impactos nas redes de drenagem. Para isso, segundo ela, basta redobrar a atenção ao acondicionar os resíduos residenciais: “Coloque o lixo da sua casa em sacos específicos para essa finalidade. O ideal é evitar as sacolinhas menores, que podem ser facilmente levadas pela força da água”.

Outra dica é ficar atento aos horários da coleta. “Procure dispor o seu resíduo duas horas antes da coleta. Isso evita que as fortes chuvas carreguem esses resíduos, já que essas precipitações vem acompanhadas de muitos ventos e índice pluviométrico muito alto”, detalha.

Um importante aliado da população nestes casos é o aplicativo SLU Coleta DF, que reúne informações sobre dias e horários das coletas de lixo e a localização dos equipamentos públicos mais próximos. A plataforma permite, ainda, acompanhar por meio da geolocalização se o caminhão responsável pelo recolhimento do resíduo está perto de seu endereço.

Prejuízo

Além de impedir o escoamento das redes urbanas, o descarte inadequado de resíduos traz impactos negativos aos cofres públicos. A coleta de entulhos e volumosos descartados de forma inadequada está entre os serviços mais onerosos do SLU. Em 2023, o órgão investiu R$ 42,5 milhões em soluções para contornar a prática irregular.

O montante viabilizou o recolhimento de 664,3 mil toneladas de lixo que foram descartadas irregularmente, isto é, fora de um dos dos 880 equipamentos públicos próprios para o recolhimento dos materiais, entre papa-recicláveis, papa-entulhos e papa-lixos, espalhados por todas as regiões administrativas.

Por Victor Fuzeira da Agência Brasília 

Foto: Divulgação/GDF Presente / Reprodução Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui