Agências do trabalhador do DF têm 22 profissões com salários acima de R$ 2 mil

Nesta segunda, há vagas para pedreiro, secretária, borracheiro, entre outras ocupações

28

As agências do trabalhador abrem, nesta segunda-feira (26), com 275 oportunidades de emprego. As vagas são para trabalhar no Distrito Federal e no Entorno, com salários de R$ 1.412 a R$ 6 mil. Das oportunidades, 22 profissões pagam salários acima de R$ 2 mil.

No Entorno, em Luziânia (GO), motorista carreteiro (15) ganha o maior pagamento do dia, R$ 6 mil. No DF, recebem R$ 3 mil, os cargos de secretária (1), técnico em segurança do trabalho (1), mecânico de auto em geral (5), mecânico de automóvel (1), mestre de obras (2), alinhador de direção (2) e alinhador de pneus (2).

As dez oportunidades para pedreiro estão distribuídas no Noroeste, Guará e Águas Claras. Os salários variam entre R$ 2.200 e R$ 2.710. Eletricista (5) e eletricista de instalações (6) recebem R$ 2.271,37 e R$ 2.700, respectivamente.

Há vagas, ainda, para montador (11), instalador de som e acessórios de veículos (2), mãe social (1), empregado doméstico nos serviços gerais (1), cozinheiro do serviço doméstico (1), bombeiro hidráulico (8), borracheiro (3), carpinteiro (7), montador de estruturas metálicas (10), analista de logística (2), analista de negócios (1) e armador de ferragens na construção civil (3). O contratado ganha entre R$ 2 mil e R$ 2.710.

Os interessados podem cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das chances do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet).

Por Rafaela Atta da Agência Brasília 

Foto: Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui