Neoenergia promete não atender áreas de ocupação ilegal

Empresa definiu atendimento exclusivo para construção civil, em resposta a pedido conjunto com Ademi-DF

20

Em reunião realizada no Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) com líderes do setor, o diretor-superintendente de Relacionamento com o Cliente da Neoenergia Brasília, Gustavo Alvares, disse que a empresa tem o compromisso de não ligar energia elétrica em áreas ocupadas ilegalmente. Ele participou de reunião conjunta da diretoria da entidade e da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi-DF).

“O trabalho de combate à ligação [de energia elétrica] clandestina também é grande. Existe uma atuação forte contra furto de energia”, afirmou Alvares, ao lado dos presidentes do Sinduscon-DF, Adalberto Valadão Júnior, e da Ademi-DF, Roberto Botelho. O encontro foi realizado na sala de reuniões do sindicato e contou com a presença de dezenas de empresários da indústria da construção civil.

O presidente do Sinduscon-DF também destacou a melhoria nos serviços prestados pela Neoenergia, apesar de ter ressaltado a necessidade de aperfeiçoamento contínuo no atendimento ao setor. Na ocasião, o diretor-superintendente apresentou mais um profissional exclusivo para atender às demandas das empresas da construção civil, com a promessa de mais celeridade e resolutividade, em resposta aos pedidos do Sinduscon-DF e da Ademi-DF.

“É clara a boa intenção que a Neoenergia tem em nos ouvir, e percebemos a evolução. O diálogo é aberto, e isso nos dá a certeza de mais melhorias à frente. O grande objetivo é buscar celeridade maior para, de fato, focar na solução de todo os problemas e no melhor atendimento aos associados do Sinduscon-DF e da Ademi-DF”, disse Valadão Júnior.

“Foi uma reunião muito produtiva, em que pudemos apresentar os desafios e necessidades para melhorar a execução dos empreendimentos, assim como conhecer as iniciativas da empresa para garantir o atendimento ao setor”, avaliou o vice-presidente da Ademi-DF, Celestino Fracon Júnior, depois do encontro. “É inegável que houve uma evolução no atendimento da Neoenergia, mas ainda há pontos de melhoria para as ligações provisórias e definitivas nos empreendimentos”.

O presidente da Ademi-DF acrescentou que esses encontros devem ocorrer com mais frequência para o alinhamento de estratégias e melhorias no atendimento à população. “O fornecimento de energia é uma questão muito importante desde o início dos projetos até a entrega para o comprador. Termos o provimento desse insumo bem estruturado e garantido é uma preocupação permanente do empreendedor e, para isso, estar alinhado com a empresa fornecedora é essencial”, acrescentou.

Por Jornal de Brasília

Foto: Neoenergia / Reprodução Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui