Semana do Pescado: governo incentiva aumento da produção de peixes

Emater-DF presta assistência técnica gratuita a piscicultores do DF, que no ano passado chegaram a faturar mais de R$ 14 milhões

2160

A piscicultura é uma das atividades econômicas mais promissoras da área rural, sendo apresentada como uma alternativa aos tradicionais sistemas de produção de proteína animal. Com tecnologias de produção e manejo, é possível produzir mais e, ao mesmo tempo, fazendo o uso racional da água.

De acordo com o coordenador do Programa de Aquicultura da Emater-DF, Adalmyr Borges, existem, no Distrito Federal, 574 piscicultores, com uma produção de 1.800 toneladas anuais. As cidades do Entorno produzem outras 8 mil toneladas.

Para a Semana Nacional do Pescado a Emater realizará, em 14/09/21, um dia voltado a palestras técnicas sobre piscicultura na Expoabra (Granja do Torto)

Entretanto, 85% do que é consumido em Brasília vem de outros estados e até de outros países. Em 2020, o valor bruto da produção de peixe gerou mais de R$ 14 milhões aos produtores, o que mostra uma recuperação do setor, afetado pela crise hídrica no DF.

A Emater-DF, de olho nesse mercado, tem realizado ações que incentivam a criação de peixes e trabalhado para aperfeiçoar o escoamento da produção e estimular o consumo dessa proteína pelo consumidor brasiliense.

Segundo Adalmyr, “a Emater-DF atua para que a atividade seja desenvolvida com responsabilidade técnica e ambiental, considerando o potencial da região e as vocações locais”.

Os produtores que desejam iniciar a atividade ou que já criam peixes e necessitam de assistência técnica devem procurar a unidade da Emater mais próxima de sua propriedade. Assim, será agendada uma visita técnica para avaliar as necessidades do produtor.

A empresa atua desde a elaboração do projeto de criação, orientação sobre licenciamento ambiental e outorga de água, até opções de crédito rural, além de oferecer acompanhamento da produção e capacitações ao longo do ano.

574piscicultores atuam no DF, produzindo 1.800 toneladas anuais de peixe

Para a Semana Nacional do Pescado a Emater realizará, no dia 14 de setembro, um dia voltado a palestras técnicas sobre piscicultura na Expoabra, na Granja do Torto.

Aquamais

Dentro do Programa de Aquicultura há o projeto Aquamais, que tem como meta estabelecer sistemas de produção com o uso racional da água. “Não temos água em abundância no DF, portanto, temos que fazer o uso eficiente, racional, utilizando inovações tecnológicas de forma a aumentar a produtividade com menos água”, explica Adalmyr.

O projeto trabalha principalmente com boas práticas na aquicultura, com visitas técnicas individualizadas, atendimentos nos escritórios, reuniões técnicas, excursão de produtores a propriedades que servem de unidades de referência.

No DF, há criação de unidades de referência com uso de sistema de recirculação de água, na utilização de tanques de ferrocimento, na criação bifásica de tilápias, de aquaponia e de criação de camarões e tilápias em sistema de bioflocos.

ProAqua

Outro projeto, o ProAqua, oferece assistência técnica gerencial continuada a produtores com visitas mensais. Atualmente, são 25 produtores atendidos pelo projeto, que contempla boas práticas e uso de inovações na aquicultura, como o controle da qualidade da água pelo celular, sensores, aeradores e sistemas automatizados.

Há algumas publicações gratuitas sobre o tema disponíveis na Biblioteca Digital da Emater e vídeos no canal da Emater no YouTube.

*Com informações da Emater-DF

Por Agência Brasília com informações de Sueli Moitinho

Foto: Emater-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui